TVR Griffith vai mesmo avançar

TVR Griffith

O modelo de motor V8 foi viu o seu lançamento ser adiado devido ao atraso na construção da fábrica.

O Griffith marca o regresso da TVR à atividade. O novo modelo foi mostrado no Festival de Goodwood de 2017 num formato próximo da produção e a entrega das primeiras unidades estava inicialmente calendarizada para o início de 2019. Contudo, de acordo com a Car Magazine, o novo modelo só estará disponível no final do próximo ano, devido ao atraso na construção da nova fábrica da TVR em Ebbw Vale, na região sul do País de Gales. Esta situação poderá obrigar o patrão da marca, Les Edgar, a procurar uma fábrica temporária para produzir as primeiras unidades.

O atraso da construção da fábrica em cerca de meio ano prende-se com as regras de financiamento impostas pela UE, que obrigam a abrir concurso a fornecedores em toda a Europa em vez de apenas a firmas de construção locais, durante um período de sete meses. Neste caso, o financiador da fábrica é o governo do País de Gales, que tem 3% das ações da empresa em troca de 2,2 milhões de euros de empréstimo.

Com 4314 mm de comprimento e 1850 mm de largura, o Griffith é um potencial concorrente do Porsche 911 e do Jaguar F-Type. O novo TVR quer demarcar-se ao ser uma proposta mais acessível face aos referidos concorrentes premium, mas com a promessa de uma experiência de condução “old school”. Para tal, contará com um motor V8 5.0 da Ford, que, segundo Edgar, permitirá que o Griffith anuncie em redor dos 322 km/h de velocidade máxima e um sprint 0-100 km/h em 4 segundos. O peso deverá rondar os 1250 kg.

Deixe uma resposta

*