Mercedes e BMW poderão criar compactos em conjunto

Depois de anos de rivalidade, o Classe A e o Série 1 poderão tornar-se "irmãos"

Próximo Classe A deve partilhar a sua plataforma com o Série 1.

A Mercedes-Benz e a BMW poderão unir esforços no desenvolvimento da sua próxima geração de modelos compactos. Segundo o jornal alemão Handelsblatt, citando fontes anónimas dos dois “gigantes” alemães, haverá uma plataforma partilhada entre o próximo Classe A e o Série 1, a partir de 2025. A principal razão desta parceria prende-se com a redução de custos de desenvolvimento de sistemas de condução autónoma – que será criada em conjunto por ambos os fabricantes alemães.

Além desta tecnologia, que BMW e Mercedes-Benz contam que se torne referência na indústria, partilharão alguns componentes entre os modelos, nomeadamente caixas de velocidades e células de baterias. Ainda segundo as referidas fontes, esta joint venture deverá permitir uma poupança de milhares de milhões de euros em investimento.

Os planos desta potencial parceria  ainda estão em discussão, contudo, já há alguns engenheiros a mostrar alguma resistência. Recorde-se que BMW e Mercedes-Benz já são parceiros desde 2015 no desenvolvimento de mapas, juntamente com a Audi e com a Nokia, no projeto Here, e que no ano passado marcaram presença no mercado da mobilidade com os serviços de aluguer Car2Go e DriveNow.

Deixe uma resposta

*