VW e PSA poderão abandonar citadinos na Europa

VW Up GTI poderá não vir a ter sucessão

Fracas vendas e reduzida margem de lucro dos modelos do segmento A poderão motivar medidas drásticas.

O grupo Volkswagen e a PSA podem vir a abandonar os seus modelos de acesso em solo europeu. Segundo a Automotive News Europe, os dois grupos estão a equacionar seriamente a continuidade dos seus modelos do segmento A (como o VW Up ou o Peugeot 108) devido à crescente escassez da margem de lucro de uma franja de mercado que representou apenas 8% em 2017. Herbert Diess, o CEO do grupo VW, disse recentemente que as restrições das normas de CO2 poderão obrigar a que a próxima geração do Up possa custar mais 3500 euros face ao modelo atual.

Por seu lado, a PSA teme pela sucessão dos seus citadinos, com a quebra da joint venture com a Toyota prevista para 2021. Maxime Picat, o diretor operacional da PSA na Europa, diz que fica difícil rentabilizar o investimento neste segmento com a pressão para que estes modelos acrescentem determinados elementos tecnológicos.

Uma das possibilidades para o segmento A é a sua “eletrificação”.

Deixe uma resposta

*