Dodge Charger SRT Hellcat Widebody é oficial

Dodge Charger SRT Hellcat Widebody View Gallery 12 photos

Versão mais larga da berlina de 717 cv anuncia 0-100 km/h em 3,6 segundos.

Depois do Charger SRT Hellcat lançado em 2018, a Dodge aposta agora numa versão Widebody, que como o próprio nome indica é 8,9 cm mais larga. Além disso, ganha novos para-choques, com entradas de ar com um novo formato, cavas das rodas e jantes maiores. Os travões são da Brembo com pinças de seis êmbolos na dianteira e de quatro atrás. O motor deste tração traseira é o mesmo V8 6.2 com compressor a debitar 717 cv e 650 Nm, a funcionar em conjunto com uma caixa automática de oito velocidades TorqueFlite, que garante acelerações de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos e uma velocidade máxima de 315 km/h. Segundo a Dodge, esta é a berlina mais rápida do mundo, que garante uma aceleração lateral de 0.96 G. A Bilstein afinou a suspensão adaptativa com três modos especificamente para este modelo, com molas 32% mais rígidas do que antes e barras anti-aproximação 2 mm mais espessas na dianteira e 3 mm na traseira.

Por dentro, há novos revestimentos específicos para esta versão. Destaque para o sistema de Launch Control e Line Lock de série, assim como para os novos sistemas Race Cooldown (que mantem baixa a temperatura do compressor depois do motor ser desligado, ao manter a bomba do intercooler e a ventoinha do radiador a funcionar) e Lauch Assist (que recorre a sensores de velocidade nas rodas para detetar perdas de tração e modificar numa questão de milésimos de segundos a resposta do motor.

A Dodge oferece ainda um Scat Pack Widebody (ver carro branco da última foto) que reduz a potência do V8 para 491 cv, mas que ainda assim anuncia 0-100 km/h em 4,3 segundos.

Entretanto, a Dodge confirmou que correrá em Pikes Peak com um protótipo do Charger Hellcat Widebody no próximo dia 30 de junho.

Deixe uma resposta

*