Novo Ford Mondeo “radical” confirmado para 2021

Novo Ford Mondeo ainda camuflado

Próxima geração será híbrida e terá visual crossover.

A Ford vai lançar o novo Mondeo na segunda metade de 2021. A confirmação foi dada pela própria marca através do catálogo de peças no site europeu. Este documento descreve o modelo do segmento D (que nos EUA continuará a chamar-se Fusion) pelo nome de código CD542. A revelação mais interessante é que a suspensão traseira do novo modelo da Ford adotará um sistema similar ao do Volvo XC90, com uma nova mola de lâmina transversal. A Autocar acredita que esta solução permite ter mais espaço para armazenar uma bateria, o que abre espaço para que o novo modelo seja híbrido ou híbrido plug-in. Recorde-se que o atual Mondeo Hybrid perde bastante capacidade da mala, dado que as baterias são colocadas debaixo do piso da bagageira. Uma das possibilidades é o novo motor híbrido 2.5 de ciclo Atkinson, associado a uma bateria de 10,3 kWh, recentemente apresentado no Kuga e que em breve será aposta no S-Max e no Galaxy.

Ao que tudo indica, a quinta geração do Mondeo será feita com base na mesma plataforma C2 do novo Focus e adotará um formato de carrinha “radical”, ao estilo do Subaru Outback. Apesar de fontes ligadas à marca norte-americana terem confirmado recentemente que o Mondeo continuará a estar disponível nos formatos hatchback e carrinha, recentes fotos espia mostram uma Focus Active SW com uma distância entre eixos aumentada, ainda camuflada. Esta versão poderá ser um embrião do próximo Mondeo “radical”, notando-se uma suspensão elevada e proteções da carroçaria ao estilo de um SUV.

A esperança dos responsáveis da Ford é que este Mondeo possa de certa forma captar, embora de forma indireta os clientes dos monovolumes S-Max e Galaxy (que serão descontinuados em 2022).

Deixe uma resposta

*