Novo Renault Twingo elétrico chega em dezembro

Renault Twingo ZE View Gallery 26 photos

Versão “zero emissões” do citadino anuncia 180 km de autonomia (WLTP).

Quando falta uma semana para a sua apresentação no Salão de Genebra, na Suíça, a Renault revelou uma inédita versão elétrica do Twingo. Com chegada prevista ao mercado nacional para dezembro, o Twingo ZE conta com um motor de 60 kW/82 cv e 160 Nm de binário. Trata-se, segundo a marca, de um motor derivado do que é utilizado no novo Zoe, mas como menos potência. Este propulsor permite acelerar de 0 a 50 km/h em 4,2 segundos e atingir uma velocidade máxima de 135 km/h. O motor é alimentado por uma bateria de 22 kWh de capacidade, com 165 kg e arrefecida a água, fornecida pela LG Chem, que lhe possibilita anunciar até 180 km de autonomia (WLTP) – valor ainda por homologar. Em modo Eco, o fabricante francês, diz que é possível aproximar-se dos 215 km de autonomia. Com recurso a um posto de carregamento de 22 kW, é possível obter o equivalente a 80 km de carga em apenas meia hora. O Twingo ZE permite carregamentos a 2,4, 3,7, 7,4 e 22 kW.

Visualmente, o Twingo ZE pouco muda face aos modelos a gasolina da gama normal do citadino (que foi alvo de um facelift em 2019). A exceção é a grelha, logótipo específico, jantes e uma tira em azul. O modelo elétrico pesa mais 135 kg face ao Twingo térmico e o “hardware” não altera a capacidade da mala que se mantem nos 219 litros. Através da aplicação My Renault App, é possível consultar da gestão da viagem, da bateria, encontrar locais de carregamento, encontrar o carro, etc. No mercado nacional, deverá estar disponível uma modalidade de aluguer de baterias.

Continuarão em comercialização as versões 1.0 SCe de três cilindros atmosférica de 75 cv e 0.9 TCe de três cilindros turbo de 95 cv.

Na edição #30 da revista autoDRIVE fique a saber mais sobre o novo Renault Twingo ZE.

Deixe uma resposta

*