Aston Martin Bulldog prepara-se para ser restaurado

Aston Martin Bulldog View Gallery 2 photos

Foi construído na década de 1970 para ser o carro mais rápido do mundo.

É comum as marcas de superdesportivos desenvolverem projetos especiais criados especificamente para demonstrarem algum feito extraordinário dos seus modelos. A Aston Martin não é exceção. Em 1979, a marca britânica introduziu um concept chamado Bulldog com a finalidade de quebrar a barreira dos 320 km/h, mas, apesar das tentativas, este carro especial nunca concretizou os seus intentos. Agora, 41 anos depois, uma empresa britânica pretende restaurar o Bulldog de forma a cumprir o seu propósito inicial.

Quando foi desenhado por William Towns no final da década de 1970, o Aston Martin Bulldog ambicionava ser o veículo de produção mais rápido do mundo, do qual seriam produzidos entre 15 a 25 exemplares. Com um motor V8 de 5.2 litros que debitava 710 cv de potência e 678 Nm de binário, este original modelo era a prova de que a marca britânica conseguia construir um verdadeiro supercarro. Graças à carroçaria esguia e angulosa, este exemplar único apresentava ainda um coeficiente aerodinâmico de apenas 0.34 – algo muito invulgar para a época. Confiante no seu modelo, a Aston Martin testou o seu superdesportivo, mas este “apenas” conseguiu atingir os 307 km/h nos diversos testes. Esta desilusão, aliada à falta de verbas, fez com que a produção fosse cancelada.

Quatro décadas depois, a Classic Motor Cars, uma empresa de restauro com sede em Bridgnorth, Inglaterra, planeia recuperar este Aston Martin Bulldog tendo em vista a concretização do objetivo inicial. O diretor da empresa, Nigel Woodward, refere que para cumprir a façanha serão alocadas oito pessoas ao projeto ao longo de 18 meses. Woodward acrescenta ainda que “os técnicos irão trabalhar em conjunto com alguns dos engenheiros que desenvolveram inicialmente o modelo, mas, ainda assim, não existem muitas informações e provavelmente será necessário construir peças novas”. Após o restauro e teste de velocidade, a Classic Motor Cars está a programar a realização de uma volta ao mundo para mostrar o Bulldog.

Deixe uma resposta

*