Ford Mustang volta a ser o coupé mais vendido do mundo

Ford Mustang

Em 2019, o “pony car” destacou-se pelo quinto ano consecutivo, com vendas acima das 100 mil unidades.

O Ford Mustang tem 56 anos de história atrás de si e é há meio século o desportivo mais vendido dos EUA! Depois do êxito nos “states”, o “pony car” também está a conquistar os europeus. Em 2019, o Mustang foi pela quinta vez consecutiva o desportivo coupé mais vendido no Velho Continente. Dados do IHS Markit, que incluem a versão coupé e descapotável, dão conta de um total de 102.090 unidades comercializadas do Mustang. Nesse período, as vendas do coupé aumentaram 33% na Alemanha, 50% na Polónia e quase duplicaram em França. Aliás, na Europa, houve um crescimento de 9.851 para 10.071 unidades no último ano. Apesar disso, globalmente, no ano transato as vendas do modelo de sexta geração caíram face às 113.066 unidades vendidas em 2018. Desde que foi lançado, o atual Mustang já vai num acumulado de 633 mil unidades vendidas em 146 países.

O Mustang, cuja atual geração foi lançada na Europa em 2015 (com um facelift em 2018) nas versões de carroçaria “fastback” e descapotável, pode ser encomendado na versão GT com o motor V8 5.0 supercharged a gasolina com 450 cv associado a uma caixa automática de dez velocidades ou manual de seis relações, tendo uma versão de acesso com um motor 2.3 Ecoboost de quatro cilindros turbo a gasolina com 290 cv e caixa manual. Existe ainda uma edição especial Bullitt a chegar aos 460 cv apenas no formato fastback.

Segundo confirmou a Autocar, a próxima geração do Mustang está prevista para 2022, altura em que está previsto um modelo V8 híbrido com tração integral que poderá ser feito com base na plataforma atualmente C6 utilizada no SUV Explorer (não disponível na Europa).

Deixe uma resposta

*