Mitsubishi i-MiEV tem os dias contados

Mitsubishi i-MiEV

Kei-car elétrico, originalmente lançado em 2009, poderá ter sucessor espiritual feito pela Nissan em 2023.

A Mitsubishi vai deixar de produzir o i-MiEV no final do ano, segundo o Nikkei. O kei-car nipónico, originalmente lançado há 11 anos, poderá, no entanto, ter um sucessor espiritual a ser desenvolvido pela Nissan em 2023. O micro-carro já desapareceu dos mercados ocidentais, incluído a Europa e os EUA, mas ainda é comercializado no Japão.

O i-MiEV (i-Mitsubishi innovative Electric Vehicle) é efetivamente um dos poucos kei-car que deixou o seu mercado de origem e foi um dos percursores da segunda vaga de produção em massa de carros elétricos, tendo até dado origem aos “badge engineering” da PSA, o Citroën C-Zero e o Peugeot iOn. O i-MiEV era originalmente equipado por uma bateria de 16 kWh (embora tenham também existido versões com 10,5 kWh), que garante até 160 km de autonomia, e um motor traseiro de 63 cv e 180 Nm. A falta de atualizações ao modelo acabou por torna-lo obsoleto à luz de propostas mais recentes. Segundo o Nikkei, foram vendidas mais de 32 mil unidades do i-MiEV em mais de 50 países.

Deixe uma resposta

*