Hennessey eleva Durango SRT Hellcat a 1026 cv

Dodge Durango SRT Hellcay by Hennessey

Preparação permite que o SUV dispare de 0 a 97 km/h em 2,8 segundos.

Poucos dias depois de apresentar a sua preparação do Jeep Grand Cherokee Trackhawk, a Hennessey resolveu aplicar a mesma fórmula ao “primo” Durango SRT Hellcat, um dos SUV mais potentes do momento. O modelo norte-americano vem de fábrica equipado com um motor V8 6.2 HEMI com compressor que lhe vale 710 cv e 875 Nm. Neste caso, o kit HPE1000, o mesmo disponível para outros modelos Hellcat (como o Charger ou o Challenger), permite-lhe ascender para os 1026 cv às 6500 rpm e 1314 Nm às 4200 rpm. Este kit consiste na integração de um compressor com 2,65 litros, uma nova válvula bypass no compressor, injetores e sistema de admissão atualizados, conversor catalítico de alto fluxo e uma reprogramação do motor. Em face disso, passa a anunciar o sprint de 0 a 97 km/h em 2,8 segundos (menos 0,7 seg. face ao modelo de fábrica) e a cumprir o ¼ de milha em 10,8 segundos a 203 km/h. Não há referência à velocidade máxima, que no SUV da Dodge é de 290 km/h.

A conversão tem um ano ou 12 mil milhas (19.312 km) de garantia.

Deixe uma resposta

*