Primeiro Mercedes-AMG híbrido plug-in terá 816 cv

Mercedes-AMG GT73 4-portas View Gallery 7 photos

O Mercedes-AMG GT 73, a nova versão de topo do AMG GT de 4 portas, vem concorrer com o Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid.

A Mercedes-Benz já concluiu a fase de testes e vai estrear em maio a nova variante de topo do AMG GT de 4 portas, que deverá estar disponível para encomenda a partir de agosto, sendo que as primeiras unidades têm chegada prevista para o final do ano. Chama-se Mercedes-AMG GT 73 e 4Matic 4 portas e, tal como o “e” da longa designação deixa antever, será o primeiro híbrido plug-in com o selo desportivo da marca alemã.

Agora foram publicas pela Mercedes-Benz as primeiras imagens dos protótipos de pré-produção deste AMG GT 73, que nesta altura acumulam quilómetros e afinam os últimos detalhes. O modelo desportivo ostenta uma camuflagem igual à do AMG One – que foram protagonistas durante a apresentação do novo monolugar de F1 da Mercedes-AMG Petronas W12 para a temporada de 2021. À primeira vista, as mudanças deste AMG GT 73 parecem ser residuais comparativamente com o AMG GT 63 S (a atual versão de topo do liftback).

O novo AMG GT 4 portas de topo contará com um sistema híbrido plug-in AMG E Performance que herda tecnologia do modelo de F1. Além disso, este AMG GT 4 portas “eletrificado” converter-se-á, para já pelo menos, no modelo mais potente da marca da estrela, com 816 cv. O sistema propulsor será o mesmo de um protótipo mostrado em 2017, formado por um motor V8 4.0 biturbo com 612 cv, associado a um novo motor de arranque/gerador de 400V e um motor elétrico colocado no eixo traseiro com 204 cv, sendo que existirá uma caixa automática de nove velocidades a gerir a distribuição de potência. Este novo modelo de referência da casa de Affalterbach será um concorrente direto do Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid de 700 cv.

Deixe uma resposta

*