Ingleses convertem BMW 1602 num carro elétrico

BMW 1602 EVa

Clássico reinventado pela mão da Electric Classic Cars tem 120 cv e caixa manual.

Quase meio século depois do BMW 1602 Elektro-Antrieb (de 43 cv e capaz de atingir uma velocidade máxima de 100 km/h) apresentado nos Jogos Olímpicos de Munique, a Electric Classic Cars, especialistas em converter modelos vintage em carros elétricos, repetiram a “brincadeira” de converter um 1602 num modelo elétrico, mas com o triplo da potência. Este novo 1602 EVa tem então 120 cv e 237 Nm – que contrastam com os 84 cv às 7500 rpm e 130 Nm do modelo com motor 1.6 de quatro cilindros em linha que esteve em produção entre 1966 e 1975. A alimentar o motor elétrico está uma bateria de 40 kWh de capacidade composta por 16 módulos da LG Chem (com 2,5 kWh cada). De forma a manter uma distribuição de peso ideal, este EVa possui as células distribuídas debaixo do capot e na mala. A caixa manual original foi mantido e é responsável pelo envio de potência para o eixo traseiro. Para já, não foram reveladas as prestações nem a autonomia desta transformação.

A acompanhar o “transplante” mecânico surgem algumas modificações estéticas, com a inclusão de jantes BBS cromadas com apontamentos favo de mel. O carro beneficia ainda de vãos mais largos, menos altura ao solo e arcos das rodas mais pronunciados. Os para-choques adquiriram também um novo formato e apontamentos cromados. A carroçaria recebeu uma tonalidade verde escuro que contrasta com o interior revestido em couro em vermelho e preto. O interior possui um volante polido, elementos em alumínio, um ecrã central com navegação e instrumentação digital.

A Electric Classic Cars já eletrificou modelos históricos tais como um Porsche 911 Targa, um Ferrari 308 GTS, uma Volkswagen Combi, um Fiat 500, um Austin Mini e até um Range Rover.

Deixe uma resposta

*