Robin Schute volta a ser “o rei da montanha” em Pikes Peak

Robin Schute em Pikes Peak

Britânico venceu a 99ª edição da mítica rampa norte-americana, à frente de Romain Dumas que foi o mais rápido na categoria Time Attack.

Robin Schute venceu o Pikes Peak International Hill Climb. Ao volante de um protótipo Wolf GB08 TSC Turbo, o britânico inscrito pela Unlimited completou a subida em 5 minutos 55,246 segundos.

Esta edição fica marcada pela neve e forte neblina que se fazia sentir no topo que motivou o atraso de uma hora na partida do primeiro carro e obrigou a organização a encurtar o percurso dos 19,980 km originais para 14,8 km. Schute, que assim tornou-se assim novamente “rei da montanha”, repetindo o triunfo de 2019, bateu por 36 segundos Romain Dumas (o recordista de Pikes Peak), que comandou um Porsche 911 GT2 RS Clubsport de 2019 da Champion. O francês foi o vencedor da categoria Time Attack à frente do norte-americano Paul Dallenbach (Dallenbach Special), vencedor da classe Open Wheel.

Rhys Millen conseguiu levar o Bentley Continental GT3 movido a biocombustível à quarta posição. Por sua vez, o francês Raphael Astier levou o seu Porsche de 2015 ao topo da classe Pikes Peak Open.

Deixe uma resposta

*