Citroën Ami já está disponível em Portugal

Citroën Ami

Com a promessa de revolucionar a mobilidade urbana, o quadriciclo ligeiro elétrico de dois lugares tem versão de passageiros e comercial.

A Citroën iniciou ontem a comercialização do Ami em Portugal. Trata-se de um quadriciclo ligeiro elétrico com 2410 mm de comprimento com dois lugares que pretende ser uma alternativa a outras soluções de mobilidade urbana – como a bicicleta, a trotineta ou mesmo o carro. O Ami ocupa metade de um lugar de estacionamento convencional e tem 7,2 metros de brecagem. Este pequeno modelo desenvolvido pela marca francesa é feito com base numa estrutura tubular em metal. É feito apenas a partir de 250 componentes e possui um design simétrico, nomeadamente as portas. A velocidade máxima é limitada a 45 km/h.

Este modelo 100% elétrico vem munido de uma bateria de 5,5 kW que garante uma autonomia até 75 km. Estas carregam na totalidade numa tomada doméstica de 220V em 3 horas. O peso total é de apenas 470 kg (já a contar com a bateria). Por dentro, o Ami possui um habitáculo aquecido com chauffage e uma excelente visibilidade, em virtude do teto panorâmico (depende da versão) e das inúmeras superfícies vidradas. A ocupar o sistema de infotainment surge um sistema que permite a integração do smartphone via a aplicação Data Ami. Em alternativa à versão convencional existe uma versão comercial com apenas um lugar e capacidade de carga de 260 litros e 140 kg. O Ami pode ser conduzido com a carta de condução B1 que se pode tirar a partir dos 16 anos.

Estão disponíveis cinco versões, embora a base seja sempre a mesma. O cliente terá à sua disposição um kit de acessórios e elementos decorativos para encaixar. No topo figuram duas versões, Pop e Vibe, que já exigem elementos que precisam de ser montados num concessionário. O processo de compra é totalmente feito online, através do site da Citroën ou da Fnac (que tem 4 lojas com o modelo em exposição: Amoreiras em Lisboa, Santa Catarina no Porto, Braga e Viseu). O cliente pode escolher o local de entrega do carro. Caso escolha faze-lo em casa terá de desembolsar 200 euros e caso o faça num concessionário depois de ter feito a encomenda em casa terá de pagar 100 euros. Para já, o Ami está disponível apenas na modalidade de pronto-pagamento. Os preços começam nos 7350 euros no Ami Ami e nos 7750 no Ami Cargo. A versão mais equipada Vibe começa nos 8710 euros. Daqui a dois meses estará disponível uma modalidade de financiamento e em 2022 haverá uma opção de aluguer “pay as you use” através da plataforma Free2move. Existirão 27 concessionários da marca francesa aptos a efetuar a manutenção do Ami, assim como mais alguns reparadores independentes.

Deixe uma resposta

*