Elétricos e plug-in ultrapassam vendas Diesel na Europa

VW ID.3

Em agosto, o Dacia Sandero voltou a ser o campeão de vendas.

Pela primeira vez, as vendas dos modelos 100% elétricos e os híbridos plug-in superaram as dos Diesel em solo europeu. De acordo com a Jato Dynamics, em agosto os modelos “eletrificados” representaram 21% do mercado com 151.737 unidades comercializadas, em contraste com os 20% e 141.635 unidades a gasóleo. Apesar da queda gradual, a maior porção de vendas continua a ser dos modelos a gasolina, com vendas a equivaleram a 56%. Só este ano os BEV e os PHEV já reuniram 1,32 milhões de vendas no Velho Continente – uma subida substancial face às 158.300 unidades de 2020. O “rei” dos elétricos foi pelo segundo mês consecutivo o VW ID.3 (na imagem, com 7904 unidades), com o Tesla Model 3 muito perto (7824), seguido do VW ID.4 (4624). No que diz respeito aos plug-in, o campeão continuou a ser o Ford Kuga (3512), seguido do Mercedes-Benz GLC (2670) e do BMW Série 3 (2343).

O total de vendas entre janeiro e agosto na Europa foi de 8,095,419 viatura, uma subida face às 7,192,839 registadas no ano passado. Este foi o pior mês de agosto em termos de vendas desde 2014, com 713,714 registos, o equivalente a menos 18% que em 2020 e menos 33% em comparação com 2019. A quebra de vendas é motivada pela crise dos semicondutores (com muitas fábricas em solo europeu a terem sido obrigadas a fechar por algum tempo), que tem vindo contribuir para um aumento do tempo das entregas da maioria dos carros novos – algo que tem atraído os clientes para os usados.

O líder de vendas em agosto voltou a ser o Dacia Sandero, com 14.961 unidades comercializadas, que é também o quinto mais vendido deste ano. O VW Golf continua em segundo (com 13.664), mantendo-se, para já, como o “best-seller” de 2021. No top 5 estão ainda o Toyota Yaris (12.594), Dacia Duster (11.327) e VW T-Roc (11.179). Os recém-chegadas Cupra Formentor e Renault Arkana superaram a barreira das 4300 unidades.

Deixe uma resposta

*