Dacia Sandero é o novo campeão de vendas na Europa

Dacia Sandero Stepway

Utilitário romeno destronou o VW Golf. Hyundai Tucson e Ford Puma entram no top 10.

Após quatro meses de crescimento sucessivo, as vendas de carros novos na Europa caíram 24% em julho, comparativamente com o ano anterior. Isto reflete-se em 967.830 unidades comercializadas (números só comparáveis aos de 2012). Apesar disso, as vendas nos primeiros sete meses do ano subiram 17% face a 2020 (ano atípico por causa da pandemia), com 7.381.735 unidades registadas – valor que, ainda assim, fica 24% abaixo do registado em igual período de 2019. O peso dos incentivos governamentais na compra de carro novo ainda se reflete nalguns países, sendo que na Noruega, Croácia, Grécia, Letónia, Roménia, Estónia, Irlanda e Lituânia as vendas subiram. Outro aspeto relevante é o crescimento constante dos elétricos e híbridos plug-in. Em julho foram registados 160.646 BEV/PHEV, quase 17% das vendas totais. No último ano só nos modelos elétricos, o crescimento foi de 49 mil unidades. Em sentido contrário, os registos de modelos Diesel caiu 166 mil unidades no último ano.

A grande novidade nos números revelados pela Jato Dynamics (baseados nas vendas em 26 países) é a liderança do Dacia Sandero, que destronou o VW Golf. É a primeira vez que o utilitário romeno alcança o topo da lista dos carros mais vendidos no Velho Continente, desde que foi lançado em 2008. O maior crescimento deste modelo do segmento B (disponível no formato hatchback e Stepway) registou-se na Alemanha (onde obteve mais 15%) e na Roménia (mais 24%). Foram matriculadas 20.446 unidades do Sandero e 19.445 do VW Golf. O terceiro mais vendido foi o Toyota Yaris, com 18.858 unidades. Apesar deste resultado, as vendas do Sandero caíram 2% face a julho de 2019 – ainda assim uma quebra bem menos acentuado face à de outros habitués no top 10 de vendas, nomeadamente, o VW Golf, VW Polo, Dacia Duster, Toyota Corolla, VW Tiguan, Opel Corsa, Skoda Octavia, Peugeot 208, Mercedes-Benz Classe A e Renault Clio, cujas quedas oscilaram entre 17 e 52%.

O top 10 fica completo com os VW Polo e T-Roc (com 17.343 e 15.496 unidades, respetivamente), com o Hyundai Tucson (14.883), VW T-Cross (14.170), Dacia Duster (13.329), Ford Puma (13.283) e Peugeot 2008 (13.134). Os SUV representaram em julho 46,1% das vendas no Velho Continente.

Deixe uma resposta

*