Alemães “cobrem” Opel Insignia em fibra de carbono

Opel Insignia by Irmscher

Preparação da Irmscher prevê ainda um aumento de potência do motor 2.0 turbo a gasolina para cerca de 300 cv.

A Irmscher já nos habituou a preparações ousadas de alguns modelos da Opel. A mais recente diz respeito ao Insignia Grand Sport, que foi convertido numa berlina desportiva. O modelo rebatizado is3 recebe um kit estético composto por vários apêndices aerodinâmicos que lhe conferem um aspeto mais agressivo. Por exemplo, na dianteira, o Insignia da Irmscher recebe um lábio em fibra de carbono e uma grelha preta com inserções em fibra de carbono. A isso, junta saias laterais prolongadas e aplicações em fibra de carbono ao longo das portas e nos puxadores. A antena em forma de barbatana também é revestida do mesmo material, assim como o spoiler traseiro. Na parte posterior, realce para a asa e difusor em carbono. É bom ainda não esquecer as jantes exclusivas em cinza e preto.

O preparador revelou para já apenas duas imagens em jeito de teaser, não querendo avançar com pormenores acerca da performance. Mas foi adiantando que fará uso de um motor 2.0 de quatro cilindros turbo a gasolina a debitar cerca de 300 cv (pelo menos mais 70 cv que o Insignia GSi de fábrica).

Por dentro, sabe-se que as mudanças incluem os bancos desportivos, mas também apontamentos em aço inoxidável e em fibra de carbono.

Deixe uma resposta

*