Peugeot e-208 e e-2008 ganham mais autonomia

Peugeot e-208

Dupla de modelos elétricos recebem mais 8% de alcance total.

A Peugeot efetuou várias alterações nas versões elétricas do 208 e do 2008, que serão introduzidas no mercado no início de 2022 com mais autonomia. Em causa estão mais 22 e 25 km de alcance (WLTP), respetivamente, o equivalente a mais 8% face ao modelo anterior. Isto reflete-se, em concreto, em 362 km de autonomia para o e-208 e em 345 km para o e-2008. Em utilização real estas alterações permitem um aumento de 40 km de autonomia em ciclo urbano a temperaturas de 0 graus.

Para aumentar a autonomia, a Peugeot incluiu novos pneus com menor resistência ao rolamento, em jantes de 16 polegadas no e-208 e de 17 polegadas no e-2008. Recorreu também a uma caixa de velocidades com uma nova relação, que otimiza a autonomia em viagens, por estrada e autoestrada. Por fim, juntou à equação uma nova bomba de calor acoplada a um sensor de humidade instalado na parte superior do para-brisas otimiza a eficiência energética do aquecimento e do ar condicionado. A informação recolhida permite controlar com mais precisão a recirculação de ar no compartimento de passageiros e, em última análise, proteger a quantidade de energia contida na bateria ao aquecer e manter a temperatura no interior do veículo.

A dupla e-208 e e-2008 já representou mais de 90 mil de unidades comercializadas desde que foi lançada no final de 2019. Em 2021, em Portugal, o e-208 foi a berlina elétrica mais vendido do segmento B com 580 unidades, seguido do e-2008 entre os SUV com 567 unidades. Estes modelos feitos com base na plataforma eCMP são equipados com uma bateria de 50 kWh e por um motor elétrico de 100 kW/136 cv e 260 Nm.

Deixe uma resposta

*