Alfa Romeo Tonale terá híbrido plug-in com 240 cv

Alfa Romeo Tonale foto espia

Restante gama contará com um Diesel de 130 cv e opções a gasolina de quatro cilindros com 130 e 160 cv.

O Alfa Romeo Tonale deu que falar no Salão de Genebra de 2019 em formato concept, mas ao que tudo indica o SUV posicionado abaixo do Stelvio vai mesmo ser mostrado no seu formato definitivo (não muito diferente do protótipo original) entre fevereiro e março do próximo ano. A sua comercialização arrancará em junho/julho. Os preços começarão nos 28 mil euros nos principais mercados europeus.

Alguns meses após ter sido “apanhado” pela primeira vez em testes, ainda camuflado, sabe-se agora qual será a gama do Tonale. Segundo a revista polaca Spider’s Web Autoblog, citando fontes internas da marca italiana, o SUV terá 4528 mm de comprimento, 1835 mm de largura, 1604 mm de altura e 2636 mm de distância entre eixos – o que significa que é mais comprido, mais largo e mais baixo que o “irmão” Jeep Compass, apesar de manter a mesma distância entre eixos do modelo com o qual partilha a plataforma Small Wide/SCCS. Entre os motores, haverá uma opção Diesel 1.6 com 130 cv e duas opções 1.3 de quatro cilindros em linha turbo a gasolina com 130 e 160 cv (este último com tecnologia “mild hybrid”), todas acopladas em exclusivo a uma caixa automática ou de dupla embraiagem. No topo da gama deste concorrente do Volvo XC40, Audi Q3 e BMW X2 figurará um híbrido plug-in a gasolina, com base num motor 1.3 turbo a gasolina, com um motor traseiro contribuir para a tração integral – numa configuração idêntica à do Jeep Compass 4xe, com 240 cv e 520 Nm. Resta saber se a autonomia em modo elétrico ficará pelos mesmos 50 km do Compass ou se será incrementada. Mais tarde, poderá vir a ser acrescentada uma versão com mais fulgor, com cerca de 400 cv.

Visualmente, apesar de o visual progressivo ser mantido no modelo final, o Tonale contará com algumas alterações, nomeadamente os faróis menos afilados do que o protótipo, com “piscas” integrados no farol que consistem em três filamentos em LED em forma de U. O avental dianteiro foi também modificado e o capot parece ser mais arredondado. Os espelhos retrovisores e os puxadores das portas assumem um formato mais convencional. Na traseira, há farolins esguios em LED e foi acrescentada uma escova para o vidro. No interior, fotos-espia mostram que o habitáculo será mais realista e prático comparativamente com o do concept. Destaque para o volante de três raios, um ecrã central tátil disposto na horizontal, saídas de ventilação de grandes dimensões e teclas tipo piano.

Deixe uma resposta

*