Ford Mondeo ganha nova vida na China

Ford Mondeo

A berlina está mais imponente do que nunca, aproximando-se dos 5 metros de comprimento.

A Ford decidiu prescindir do Mondeo na Europa e não há nenhum sucessor direto em perspetiva. O mesmo não se pode dizer em relação ao mercado chinês, onde acaba de ser apresentada uma nova geração do modelo familiar.

Esta quinta encarnação do Mondeo foi reinventada para o mercado local pelo centro de design de Xangai, exibindo uma nova linguagem estilística adaptada especificamente para a China – colhendo inspiração no igualmente chinês Evos. Entre os elementos visuais destaque para a grelha de formato octogonal, faróis em LED ligados por uma barra luminosa que percorre a extremidade do capot, luzes diurnas separadas e entradas de ar em forma de A situadas na zona inferior do para-choques dianteiro. Realce igualmente para o capot com vincos, arcos das rodas pronunciados para acolher as jantes até 19 polegadas, puxadores das portas escamoteáveis, linha de tejadilho de estilo coupé numa cor contrastante em relação à restante carroçaria e linhas dentro da parte traseira das portas traseiras e dos painéis laterais traseiros. Na traseira há farolins ao estilo do Mustang ligados por uma barra luminosa a toda a largura, um para-choques com um difusor e tampa da mala curta. Este rival do VW Passat tem 4935 mm de comprimento, 1875 mm de largura e 1500 de altura – o que significa que é 63 mm mais comprido, 23 mm mais largo e 19 mm mais alto do que o Mondeo Mk4 que foi descontinuado da fábrica de Valência em março do ano passado. Já a distância entre eixos é de 2954 mm, mais 104 mm do que o Mondeo antigo.

Para já, ainda não foram mostradas imagens do interior, mas estima-se que o Mondeo chinês venha a ter um aspeto similar ao do Evos, onde se destaca um painel tátil com 1,1 metros de comprimento. Este traz o painel de instrumentos de 12,3 polegadas e um ecrã central de 27 polegadas para o sistema de infotainment Sync+ 2.0 UX que contem software desenvolvido pela Baidu, oferecendo um assistente virtual e possibilitando efetuar atualizações “over the air”, condução semiautónoma de nível 2 e tecnologia car-to-X. As caraterísticas técnicas do novo Mondeo 5 ainda não foram reveladas.

A produção deste novo Mondeo ficará a cargo da joint-venture entre a Ford e a Changan em Chongqing. A berlina estará disponível a partir do segundo trimestre deste ano.

Deixe uma resposta

*