Museu do Caramulo reabre coleção de arte ao público

Museu do Caramulo

Espaço foi profundamente remodelado e ampliado, contando agora com várias novidades.

O Museu do Caramulo reabriu ao público as salas de exposição de arte. A profunda remodelação e expansão do espaço do museu (cujo edifício foi construído em 1959) demorou cerca de um ano a concluir.

O espaço daquele que é o segundo edifício em Portugal construído de raiz para museu, conta agora com várias novidades, incluindo um redesenho da arquitetura do espaço expositivo, bem com revestimentos novos, correção e recuperação dos pavimentos, renovação da iluminação e das vitrines, assim como revisão de todos os materiais de comunicação, textos e tabelas. Além disso, o percurso expositivo que agora se inaugura foi totalmente reorganizado. Nesta revisão, o espaço de exposição foi também expandido, passando de oito para nove salas, com o reaproveitamento do grande hall de entrada, que passou a integrar a exposição permanente. Este alargamento permitiu, não só mostrar a crescente coleção de arte contemporânea do Museu do Caramulo, que conta com doações de artistas como Pedro Cabrita Reis, João Louro, Miguel Palma, Ana Hatherly, Pedro Calapez, Fernanda Fragateiro ou Rui Chafes, entre outros, como também expor peças de arte doadas nos últimos anos, que não se encontravam em exposição, como é o caso de três obras de Pablo Picasso. As obras de reabilitação do Museu do Caramulo estenderam-se ainda às salas de exposições temporárias no rés-do-chão, ao claustro do séc. XVIII e às paredes exteriores com a recuperação da fachada principal, assim como à instalação de um elevador que percorre agora todos os pisos, resolvendo uma limitação antiga na questão das acessibilidades.

Paralelamente a este projeto, o Museu do Caramulo lançou um programa de restauros que incluem medidas de correção, prevenção e conservação de várias peças de arte, realizadas por especialistas em cada uma das áreas.

A exposição de arte já se encontra aberta ao público, podendo ser visitada diariamente, de terça-feira a domingo, entre as 10h e as 17h.

Deixe uma resposta

*