Singer converte o seu primeiro Porsche 911 Cabriolet

Singer Porsche 911 Turbo Study 964 Cabriolet

Projeto com carroçaria em fibra de carbono e com 510 cv tem por base um 911 Turbo da geração 964.

A Singer é conhecida pelas suas transformações de versões clássicas do 911. Depois do 911 964 Turbo de 1975 convertido que apresentou no Festival de Goodwood, agora o preparador traz-nos o mesmo Turbo Study num formato Cabriolet.

Este primeiro Singer “aberto” traz uma carroçaria em fibra de carbono pintada na cor Cadiz Red. Atrás surge um motor 3.8 de seis cilindros boxer arrefecido a ar com 510 cv com dois turbos – similar ao que foi mostrado na versão fechada. A potência é enviada para as rodas traseiras através de uma caixa manual de seis velocidades. Destaque ainda para os travões carbocerâmicos. Em opção, é possível configurar versões de tração integral ou com uma nova afinação da suspensão. Isto significa que o cliente poderá optar por um chassis “touring” ou por um mais orientado para pista.

Por dentro, realce para o tejadilho em tecido preto que pode ser armazenado por baixo da bagageira, para os painéis das portas e bancos em preto com inserções em vermelho. Essa mesma cor é complementada por aplicações em madeira no tablier e na consola central. Existem ainda elementos modernos a acrescentar, nomeadamente um sistema de carregamento por indução do telemóvel para o condutor e passageiro.

A Singer diz que o livro de encomendas para este 911 Cabrio reconvertido está preenchido para os próximos anos. Como tal, o preparador não está a aceitar novos pedidos.

Deixe uma resposta

*