Ford Puma elétrico terá 136 cv e 350 km de autonomia

Teaser do Ford Puma EV

Prevista para 2024, a versão “zero emissões” do crossover permitirá carregamentos até 100 kW.

A Ford confirmou que lançará uma variante 100% elétrica do Puma em 2024. Este potencial concorrente do Peugeot e-2008, entre outros, será produzido em Almussafes (em Espanha), e não Craiova (na Roménia) como as versões térmicas do crossover. Ambos os modelos conviverão no catálogo durante algum tempo.

O sistema propulsor do novo Puma elétrico será o mesmo utilizado no E-Transit Courier (modelo comercial com o qual partilha também a plataforma B2E), tendo a seu serviço um motor de 100 kW/136 cv, e sendo potencialmente alimentado por uma bateria de iões de lítio com 54 kWh de capacidade. Esta bateria permitirá um alcance máximo superior a 350 km para o crossover.

Mais importante do que isso, o Puma EV virá equipado com um sistema que permite carregamentos rápidos até 100 kW, possibilitando obter o equivalente a 90 km de alcance em 10 minutos. Já para encher de 10 a 80% da bateria são precisos menos de 35 minutos. A velocidade máxima do Puma elétrico será limitada a 145 km/h.

Deixe uma resposta

*