Novas Partner, Berlingo e Combo disponíveis em setembro

View Gallery 6 photos

Para produzir a nova geração de comerciais, a PSA contratou 900 pessoas para a fábrica de Vigo e 225 em Mangualde.

A PSA anunciou que abrirá as encomendas dos comerciais Peugeot Partner (na imagem principal), Citroën Berlingo e Opel/Vauxhall Combo a partir de setembro, sendo que as primeiras entregas estão previstas para novembro. O trio de modelos, feito com base na plataforma EMP2, será produzido em Vigo (em Espanha) e em Mangualde (em Portugal). Para reforçar a produção, o grupo francês contratou 900 pessoas em Vigo e 225 em Mangualde. Além disso, as duas fábricas foram alvo de transformações significativas para a produção dos novos modelos, que deverão ser comercializados em cerca de 100 países. Algumas das novidades relacionam-se com a segurança (ajudas à condução), conforto (novas funções de ajuste lombar) ou aumento do sentido prático (com aumento da capacidade de carga).

Para esta geração, os três modelos beneficiam de significativas mudanças estéticas por dentro e por fora. O Partner adota o i-Cockpit e promete melhor visibilidade em virtude da utilização de uma câmara colocada na base do espelho do passageiro e outra no topo das portas traseiras. Essas imagens são projetadas num ecrã de cinco polegadas posicionado onde habitualmente está o espelho retrovisor no interior. Destaque para o sistema de alerta que acende um LED branco quando é atingida 90% da capacidade de carga (que varia entre 650 e 1000 kg, dependendo da versão). O Partner convencional tem 4,4 metros de comprimento, dos quais 1,81 m são de área de carga. A versão longa tem 4,75 m de comprimento e 2,16 m para carga.

O Citroën Berlingo, atualmente na terceira geração, tem também as versões M e XL. Existindo as versões Worker e Driver, com diferentes alturas ao solo, níveis de equipamento e isolamento sonoro do motor. Na Crew Cab é possível transportar até cinco ocupantes em duas filas de bancos e na Extenso Cab três pessoas na primeira fila. Existem até 20 sistemas de assistência à condução, entre eles um cruise control adaptativo (com função stop), head-up display a cores, sistema de carregamento de smartphone por indução e grip control.

O Opel Combo, que se junta à dupla francesa, beneficia de uma caixa de carga opcional no tejadilho.

3 Comments

  1. Se não for um desvio muito grande da vossa linha editorial, testem a versão comercial diesel de 130cv de um destes furgões, porque pensando que não acaba por ser o desportivo do dia a dia para muita gente.

    1. Olá Rui. Antes de mais, obrigado pelo seu comentário, que consideramos bastante pertinente. A autoDRIVE é uma revista plural e multisuporte, como tal a Partner enquadrar-se na nossa linha editorial. Estamos a pensar num trabalho engraçado e diferente. Cumprimentos.

Deixe uma resposta

*