Austríacos fazem concorrente do Chiron

View Gallery 2 photos

A Milan Automotive criou o Red, um supercarro de 1325 cv que anuncia acelerações de 0 a 100 km/h em 2,47 segundos.

A pequena empresa Milan Automotive quer colocar o seu nome no mapa com o lançamento de um supercarro que pretende medir forças com criações da Bugatti ou da Koenigsegg. Para o efeito, o criou o Red, um modelo que recorre a um motor V8 6.2 com quatro turbos de modo a alcançar 1325 cv e 1400 Nm de binário, funcionando em conjunto com uma caixa automática de sete velocidades. O supercarro austríaco de tração traseira, que será limitado a 99 unidades (18 das quais já encomendadas a um preço de 2 milhões de euros), anuncia números praticamente colados aos do Bugatti Chiron: 0-100 km/h em 2,47 segundos, 0-200 km/h em 5,46 segundos e 0-300 km/h em 9,98 segundos. A velocidades máxima anunciada supera os 400 km/h, sendo que o fabricante alega ainda que o Red é capaz de acelerações laterais de 2.6 G.

O Milan Red tem 4741 mm de comprimento, 1197 mm de altura, 2156 mm de largura, 2750 mm de distância entre eixos. Utiliza uma estrutura e painéis de fibra de carbono, o que lhe permite pesar 1300 kg. Destaque ainda para a asa traseira, travões carbocerâmicos da Brembo, com discos de 390 mm à frente e 380 mm na traseira (com pinças de 6 e 4 êmbolos, respetivamente). O Milan Red conta com uma suspensão pneumática que lhe permite oscilar entre 135 mm e 90 mm de altura ao solo, possui uma suspensão de duplos triângulos sobrepostos em plástico reforçado a fibra de carbono (inédito em carros de produção em série), um sistema de amortecimento com três níveis diferentes e uma barra anti-aproximação ajustável em ambos os eixos.

Deixe uma resposta

*