Renault Espace não terá sucessor

Ciclo de vida da Renault Espace deverá chegar ao fim na quarta geração

No calendário de lançamentos da marca francesa até 2022, destaque ainda para a introdução de híbridos, híbridos plug-in, de uma nova plataforma e motores.

Os franceses da L’Argus divulgaram o calendário de novidades da Renault para os próximos quatro anos. Até ao fim deste ano, serão aposta os renovados Kadjar – com novos motores BluedCi, a que se juntará o gasolina 1.3 TCe – e Twingo, que serão apresentados no Salão de Paris, em outubro. Em setembro surgirão os novos Diesel 1.5 BluedCi de 95 e 115 cv para o Mégane e 1.7 BluedCi de 150 cv para a Grand Scénic. Para maio do próximo ano, está agendado o lançamento do Clio 5, que fará a sua estreia no Salão de Genebra, em março. O novo modelo inaugurará a plataforma CMF/B e trará uma versão híbrida plug-in no final de 2019. No primeiro semestre também chegarão ao mercado os restyling da Mégane, Espace, Koleos e Talisman, que incorporarão os novos propulsores já referidos. No outono de 2019, será lançada a terceira geração do Kangoo. No final do ano, chega o Zoe 2, com a nova plataforma CMF-EV.

Para 2020 está agendada a chegada do novo Captur, que será desenvolvido a partir da mesma base do Clio 5 e do Nissan Juke 2 (2019). Além do SUV ficar maior, permitirá incorporar na gama versões híbridas e híbridas plug-in. No início da nova década, a marca francesa apostará ainda na versão RS do Clio 5, equipado com um motor 1.8 TCe de 225 cv, que poderá apresentar um sistema híbrido.

Em 2021, está previsto o sucessor do Kadjar, que será desenvolvido juntamente com o novo Nissan Qashqai (2020). Está contemplada uma versão híbrida. Em 2020, chega o novo Mégane, que tecnicamente será uma evolução do modelo atual. Uma das principais novidades deverá ser o fim do crossover Espace (na imagem, o modelo atual), com o papel no topo da gama SUV/crossover a ficar reservado para o Koleos 3, que será aposta em 2023 com versões de cinco e sete lugares. A opção de monovolumes da Renault ficará restrita à família Scénic, que em breve ficará disponível apenas num único formato de carroçaria.

Deixe uma resposta

*