Nova lei das portagens em vigor a 1 de janeiro

Opel Mokka será um dos modelos que passará a pagar Classe 1

O diploma relativo à nova classificação de veículos prevê que os carros mais altos que cumpram normas ambientais e tenham Via Verde passem a pagar Classe 1.

Depois de promulgada pelo Presidente da República, a nova classificação de veículos nas portagens foi hoje publicada em diploma no Diário da República. A alteração, que entrará em vigor a 1 de janeiro de 2019, prevê que passem a ser taxados como Classe 1 carros mais altos que cumpram normas ambientais e tenham dispositivo eletrónico de pagamento automático Via Verde. Segundo a lei, “pagam a tarifa de portagem relativa à classe 1, desde que usem o sistema de pagamento automático, os veículos ligeiros de passageiros e mistos, com dois eixos, peso bruto superior a 2300 kg e igual ou inferior a 3500 kg, com lotação igual ou superior a cinco lugares e uma altura, medida à vertical do primeiro eixo do veículo, igual ou superior a 1,10 m e inferior a 1,30 m, desde que não apresentem tração às quatro rodas permanente ou inserível”.

No diploma consta ainda que os veículos ligeiros de passageiros, mistos ou mercadorias, com dois eixos, peso bruto igual ou inferior a 2300 kg, e uma altura, medida à vertical do primeiro eixo do veículo, igual ou superior a 1,10 m e inferior a 1,30 m, desde que não apresentem tração às quatro rodas permanente ou inserível, pagam a tarifa de portagem relativa à classe 1, quando utilizem o sistema de pagamento automático.

Com esta alteração da lei, estima-se que cerca de 2100 carro migrem para a Classe 1, sendo que mais de 30 modelos beneficiam da mudança de critério.

Deixe uma resposta

*