Renault Clio terá versão crossover

Renault Clio facelift da geração atual

A derivação mais radical do utilitário chega em 2019 para ser concorrente do Ford Fiesta Active.

A febre dos SUV e crossovers veio para ficar e a Renault quer alargar a gama Clio com uma versão radical a partir da próxima geração. O sucessor do Clio atual (que vê na imagem), a lançar em 2019, terá uma derivação crossover, especialmente concebida para a Europa, agora “apanhada” em testes. Este Clio mais radical (que será aposta independentemente de haver a caminho uma nova geração do crossover do segmento B Captur) será um concorrente direto do Ford Fiesta Active e o Hyundai i20 Active. Como tal, contará com maior altura ao solo face à versão convencional e algumas proteções em plástico em redor da carroçaria, que lhe conferem um ar mais radical. Este Clio crossover contará com a gama de motores decalcada do próximo Clio (com destaque para as opções a gasolina 0.9 de três cilindros e o novo 1.3 de quatro cilindros, desenvolvido em conjunto com a Daimler), com opção de caixa manual ou de dupla embraiagem), sendo que todas as versões serão de tração dianteira.

Deixe uma resposta

*