Chineses estreiam “SUV do povo” em Paris

GS5 é o "SUV do povo" View Gallery 5 photos

A GAC apresentou-se no Salão de Paris com o GS5, um modelo do segmento D apontado a jovens e famílias.

Os chineses da GAC (Guangzhou Automobile Industry Group) apresentaram-se no Salão de Paris com um estreante SUV para “a classe trabalhadora”. O novo modelo, chamado GS5, é um potencial concorrente do Skoda Kodiaq e do Peugeot 5008 com aspirações globais. Sabe-se para já que o modelo desenvolvido na sua terra natal, em Guangzhou e Xangai, e em Silicon Valley, nos EUA (onde prevê lançar o seu primeiro carro, o SUV GS8, na primeira metade de 2020), e que a sua comercialização na Europa está praticamente posta de parte. Esteticamente, o GS5 destaca-se pelos faróis full-LED, um aileron traseiro e linhas desportivas. O motor é um 1.5 de quatro cilindros turbo a gasolina a debitar 160 cv, associado a uma caixa automática Aisin de seis velocidades.

Os responsáveis da GAC ainda estão a estudar a forma de entrarem no mercado europeu e até estão encarar a hipótese de abrir um centro de pesquisa e desenvolvimento. Os chineses justificaram esta presença na “cidade luz” (onde são esperadas mais de 1 milhão de pessoas em 11 dias) com a esperança de apresentaram a marca a mais pessoas e com a necessidade de aprenderem mais com marcas de referência na indústria. A entrada da GAC na Europa ainda não tem data marcada mas espera-se que seja com um carro elétrico. O principal candidato é o SUV elétrico GE3, que também está em exibição no certame parisiense, que anuncia 410 km de autonomia (e que chegará aos 500 km quando for atualizado no próximo ano), modelo que já teve 5 mil encomendas.

Nos dias de hoje a GAC marca presença em 16 países (sobretudo mercados emergentes, entre os continentes asiático, africano e europeu). As vendas no estrangeiro já representam cerca de 10% para a marca chinesa, embora o objetivo se situe nos 50-50. Lançada em 2008, a GAC posiciona-se num segmento superior, apostando sobretudo na qualidade e inovação. Em 2017, registou um crescimento de 37,2% nas vendas atingindo 508.600 unidades. O objetivo é alcançar a barreira de 1 milhão de unidades em 2020.

 

Deixe uma resposta

*