Ferrari F8 Tributo é o substituto do 488

Ferrari F8 Tributo View Gallery 6 photos

Com 720 cv, o Ferrari de motor central mais potente de sempre será apresentado no Salão de Genebra.

A Ferrari revelou o F8 Tributo, modelo que será mostrado ao grande público no início da próxima semana no Salão de Genebra. O seu maior trunfo é o seu motor: o V8 de colocação central mais potente de sempre num modelo de produção da marca italiana. Com 720 cv e 770 Nm debitados de um V8 3.9 biturbo, o F8 Tributo vem substituir o GTB (Gran Turismo Berlinetta) – acrescentando 50 cv, 10 Nm e até menos 40 kg – ao mesmo tempo que alcança os números da versão radical 488 Pista lançada em 2018. Em suma, com estas caraterísticas a nova criação de Maranello anuncia a capacidade para acelerar de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos (0,1 seg. mais rápido que o GTB) e 0-200 km/h em 7,8 segundos (menos 0,5 seg. que o antecessor). A velocidade máxima anunciada é de 340 km/h, ou seja, mais 10 km/h que o GTB. Uma das novidades do novo supercarro italiano de motor central V8 e que pesa apenas 1330 kg é a eliminação do atraso da resposta do turbo. Aerodinamicamente, o F8 Tributo é 10% mais eficiente comparativamente com o 488 GTB, com a inclusão da mais recente evolução do sistema Side Slip Angle Control, e a “downforce” foi incrementada em 15%.

Apesar de incorporar elementos do 488 Pista, como os radiadores dianteiros e as saídas de ar na traseira, o F8 Tributo homenageia igualmente o 308 GTB original no formato dos farolins traseiros, mas também “pisca o olho” ao icónico F40 no detalhe da cobertura transparente do motor.  O interior com espaço para dois ocupantes traz saídas de ventilação redondas e um novo volante, mais pequeno. A instrumentação foi também renovada, assim como os revestimentos das portas e passa a haver um ecrã tátil de 7 polegadas do lado do passageiro.

Deixe uma resposta

*