Ian Callum assina primeiro projeto em nome próprio

Aston Martin Vanquish 25 by Callum View Gallery 16 photos

Designer apresentou reinterpretação do seu Aston Martin Vanquish.

Apesar de ter abandonado as suas funções como designer da Jaguar no início do ano, Ian Callum parece não estar disposto a aposentar-se. O primeiro projeto da recém-criada empresa Callum é o Aston Martin Vanquish 25. Trata-se basicamente um restyling do coupé que saiu da sua própria caneta que esteve em comercialização entre 2001 e 2007 – com o concept original a ser criado em 1998. Aprovado pela própria Aston Martin, este Vanquish 25 vai ser vendido por intermédio da marca R-Reforged que pertence aos suíços da AF Racing, que em tempos produziu a sua própria versão do Aston Martin V12 Zagato e que é atualmente responsável pela distribuição da Aston Martin na Suíça e parceiro na equipa da GT3. O Callum Vanquish será limitado a 25 unidades, cada uma personalizada ao gosto do cliente. Todas as unidades serão feitas de raíz nas novas instalações da Callum em Warwick, no Reino Unido. Esta exclusividade faz com que o modelo desportivo custe pouco mais de 600 mil euros antes de impostos. As primeiras entregas estão previstas para o final de 2020.

O designer britânico confessa que começou a pensar neste projeto quando comprou um exemplar do carro há cerca de dois anos. Nota para o novo para-choques dianteiro que incorpora uma grelha bipartida, moldura em fibra de carbono e barras horizontais mais salientes. As luzes em LED são novas e as luzes de nevoeiro redondas do modelo original foram substituídas por entradas de ar adicionais. As saias laterais incorporam igualmente novos detalhes de design. O para-choques traseiro integra um difusor traseiro maior e ponteiras de escape. Os cromados foram substituídos por detalhes mais escuros. As capas dos espelhos também são novas. As mudanças no interior são ainda mais notórias, com a aplicação de couro Bridge of Orchy com padrão tartan desconstruído inspirado nas origens escocesas de Callum. Há também uma nova consola central com um punho da caixa personalizado, novo ecrã tátil e apontamentos em alumínio. Os bancos traseiros – que nunca fizeram parte do projeto original de Callum – foram removidos, tendo sido substituídos por uma mala em couro feita pela Mulberry. Destaque ainda para o relógio escamoteável da Bremont, que ainda foi responsável pela instrumentação.

O novo Vanquish deverá estar disponível em três opções de caixa de velocidades: aquela que estava disponível com o modelo original, a automática Speedshift; uma caixa manual de seis velocidades da Aston Martin Works Division; e uma caixa automática mais moderna de seis velocidades com conversor de binário fornecida pela General Motors. O motor V12 5.9 foi alvo de algumas modificações. Além de uma reprogramação, conta com a inclusão de um novo sistema de admissão e de escape, além de um novo veio de transmissão, para um aumento de potência na ordem dos 60 cv. Dependendo do modelo, terá entre 500 e 600 cv. O chassis também sofreu algumas alterações, com uma suspensão rebaixada em 10 mm, inclusão de barras anti-aproximação mais rígidas, novas molas e amortecedores, assim como travões carbocerâmicos com discos de 398 mm à frente e 360 mm atrás. Juntam-se ainda jantes forjadas de 20 polegadas e pneus específicos Michelin Pilot Sport.

Deixe uma resposta

*