Novo Honda Jazz estreia sistema híbrido

Honda Jazz and Honda Jazz Crosstar Exterior View Gallery 5 photos

Sistema e:HEV é uma versão compacta do que é utilizado no CR-V Hybrid.

A Honda apresenta hoje no Salão de Tóquio, no Japão, o novo Jazz. O utilitário, que estará disponível para encomenda a partir de fevereiro e cujas primeiras unidades têm chegada prevista para meados de 2020, é o primeiro a integrar o sistema e:HEV – que brevemente estará disponível noutros modelos da marca, nomeadamente o Accord (no Japão) e o Civic (a partir de 2021). O novo Jazz está disponível na Europa exclusivamente com o selo da nova submarca e:Technology, abandonando assim as versões com motor convencional. A nível técnico, a quarta geração do Jazz incorpora um sistema “mild hybrid” composto por um motor a gasolina, um gerador elétrico, um motor elétrico e uma bateria de pequena capacidade. A potência total ainda é desconhecida, assim como o seu modo de funcionamento. Contudo, sabe-se que será um sistema “dual-motor” i-MMD similar ao do CR-V Hybrid – com base num 2.0 de quatro cilindros a gasolina e com caixa CVT -, mas de dimensões mais reduzidas. É possível que o sistema do Jazz conte com um motor a gasolina com 1.0 ou 1.5 de capacidade.

Esteticamente, o novo Jazz não mudou muito. Apesar disso, conta com linhas mais curvas, luzes, pilares A (o que permite melhorar a visibilidade), para-choques e capot redesenhados. A marca japonesa promete continuar com o sistema de bancos traseiros Magic Seat, que permite transportar objetos em altura. Há também novos bancos, com maior apoio. O habitáculo foi simplificado, adotando linhas mais limpas e concentrando a maior parte dos comandos num novo ecrã tátil. Entre o equipamento, destaque para novas funções de conetividade, com a promessa de uma interface mais intuitiva com função de wireless e integração com o smartphone. Há ainda novas funções associadas ao sistema de segurança Honda Sensing, com a utilização de uma câmara de alta definição – nomeadamente um sistema de travagem de emergência com reconhecimento de peões e ciclistas ou o cruise control ativo com função stop & go.

As dimensões do novo modelo também ainda não foram reveladas, mas sabe-se que este Jazz, conhecido nalguns mercados pelo nome Fit, conta com um novo chassis e maior distância entre eixos. A acrescentar a isso, o construtor diz que é mais divertido de conduzir. O novo modelo traz uma inédita versão Crosstar, com visual SUV (em virtude da utilização de barras de tejadilho, para-choques específico e proteções em plástico da carroçaria).

Deixe uma resposta

*