Renovado Kia Rio traz tecnologia híbrida

Kia Rio facelift View Gallery 12 photos

Utilitário sul-coreano aposta num motor “mil” de três cilindros turbo “mild hybrid” com dois níveis de potência.

A Kia apresentou o facelift da quarta geração do Rio, que estará disponível a partir do outono. O utilitário sul-coreano beneficia de um conjunto de alterações estéticas, com enfase para a grelha mais compacta e para-choques dianteiro mais largo e faróis com nova assinatura em LED de série. A isso junta novas cores exteriores (Perennial Gray e Sporty Blue) e jantes com um novo desenho.

O construtor sul-coreano diz que apostou em materiais mais suaves ao toque no interior, substituiu o ecrã tátil central de 7 polegadas por um de 8 polegadas para operar o sistema de infotainment UVO Connect, compatível com os sistemas Apple Carplay e Android Auto wireless. Este sistema incorpora telemetria em tempo real, com atualizações do trânsito, tempo, preço dos combustíveis ou lugares de estacionamento. Outra novidade é a aplicação para smartphone que permite aceder a um diagnóstico do carro e enviar uma rota para o sistema de navegação, por exemplo. A acompanhar, há ainda um painel de instrumentos com 4,2 polegadas de maior resolução. Na variante de assinatura mais desportiva GT-Line, realce para os pespontos em branco e decorações a imitar fibra de carbono. O banco do condutor e do passageiro da frente passam a ser de série ajustáveis em altura. Em termos de tecnologia, destaque para o sistema de aviso de colisão dianteira com deteção de peões e ciclistas, aviso de saída de faixa, alerta de viatura em ângulo morto e aviso de falta de atenção do condutor. Novo é também o sistema Leading Vehicle Departure Alert, que avisa o condutor se o carro da frente acelerar ou demorar a reagir.

A grande novidade, por ventura, no renovado Rio é a introdução de motores “mild hybrid” com tecnologia EcoDynamics+ de 48V. No caso, é o 1.0 T-GDI de três cilindros turbo com versões de 100 cv e 172 Nm, acoplada a uma nova caixa manual de seis velocidades (uma vez que a anterior era de cinco), e de 120 cv e 200 Nm, que tem opção de caixa de dupla embraiagem de sete relações. Segundo a marca, esta tecnologia híbrida permite reduzir entre 8 a 10% de emissões de CO2 no ciclo NEDC. Ainda não está confirmado se as versões do referido motor sem tecnologia híbrida estarão disponíveis no mercado nacional. Independentemente disso, a versão de acesso do Rio será o 1.2 naturalmente aspirado com 84 cv, igualmente atualizado.

Veja o vídeo promocional filmado em Portugal:

Deixe uma resposta

*