Tobias Moers é o novo CEO da Aston Martin

Tobias Moers

O antigo homem-forte da Mercedes-AMG vai tomar conta dos destinos do fabricante britânico.

Depois de confirmada a saída de Andy Palmer do comando da Aston Martin, o construtor britânico comunicou que o seu sucessor é Tobias Moers. O alemão de 55 anos, até agora responsável máximo da Mercedes-AMG, tomará posse a 1 de agosto. Em poucas horas, esta notícia já contribuiu para uma subida do valor das ações da Aston Martin Lagonda Limited em cerca de 30%. Até que o Moers assuma funções, a marca britânica será dirigida interinamente pelo vice-presidente Keith Stanton.

No comando da Mercedes-AMG passará a estar Philipp Schiemer, que era responsável pela divisão da Mercedes-Benz no Brasil desde 2013. Schiemer está na Daimler desde 1987, tendo sido anteriormente o responsável pelo projeto do Classe A. O papel de Moers como responsável pelo desenvolvimento tecnológico da empresa de Affalterbach será entregue a Jochen Hermann, atualmente à frente dos destinos do desenvolvimento de modelos elétricos da Daimler. Hermann já ocupou funções de responsável máximo pelo desenvolvimento na divisão desportiva entre 2014 e 2016.

O milionário Lawrence Stroll, que recentemente investiu no emblema de Gaydon, considera que Moers “é o líder certo para a Aston Martin à medida que implementamos a nossa estratégia para que a empresa alcance todo o seu potencial”.

Moers (na imagem) esteve mais de 25 anos na Daimler, tendo assumido funções na divisão desportiva da Mercedes-Benz em 1994. Em 2013, assumiu o comando da AMG no final de 2013. Moers está ligado ao crescimento da Mercedes-Benz, que no ano passado alcançou 132 mil unidades vendidas (quase o dobro face a 2015).

Deixe uma resposta

*