Terrastorm é o mini-bus mais radical do mundo

Torsus Terrastorm View Gallery 19 photos

Feito com base numa VW Crafter, com seis metros de comprimento e até 20 lugares, o modelo de tração integral tem 290 mm de altura ao solo.

Os especialistas em todo o terreno da Torsus criaram um mini-bus pronto para tudo ou quase tudo! O Terrastorm é feito com base numa versão 4×4 da Volkswagen Crafter (que também partilha o chassis com o MAN TGE). Contudo, foi redesenhado de forma a conseguir chegar a locais onde normalmente os modelos de transporte de passageiros raramente alcançam. Os mesmos autores do Torsus Praetorian começaram por utilizar o chassis, encaixaram pneus maiores BF Goodrich All Terrain T/A KO2 de 17 polegadas, adotaram uma suspensão “off-road” que inclui novos amortecedores Bilstein B6 (ou Profender Dakar com curso maior) e molas Ironman 4×4 Load Plus – que lhe permitiu ter 290 mm de altura ao solo – menos 60 mm face ao Land Rover Defender – e um diferencial traseiro. Estas caraterísticas permitem que este mini-bus “radical” consiga passagens a vau de 690 mm – extensível a 820 mm com o pack “Deep Wave”. O modelo com seis metros de comprimento tem um ângulo de ataque de 26 graus e um ângulo de saída de 20 graus. O modelo é capaz de rebocar até 5,5 toneladas.

O modelo produzido na Eslováquia conta um motor 2.0 biturbodiesel com opção de 140 e 176 cv, que podem ser associados a uma caixa manual de seis velocidades e automática de oito relações. O Terrastorm conta com proteções adicionais junto ao motor, transmissão, eixo traseiro, filtro de partículas Diesel, depósito de combustível e de AdBlue. O para-choques dianteiro inclui novos máximos em LED, novas luzes diurnas, novas luzes de nevoeiro e iluminação adicional. À disposição estão dois níveis de equipamento: TT1 Coach e TT2 Nomad (esta última com uma barra protetora da grelha, grelhas em metal para os farolins traseiro, barras de tejadilho com faróis, suporte para pneu suplente e escada.

Por dentro, o Terrastorm pode sentar entre nove e 20 passageiros, dependendo da configuração. Os bancos são revestidos em tecido e couro “eco” e o tablier inclui um segundo ecrã tátil para operar a climatização, iluminação e som. Para situações mais “apertadas” fora de estrada, é possível encomendar bancos com cintos de cinco apoios. Cada passageiro tem a sua própria iluminação, ar condicionado e som. Ainda é possível prescindir de todas as filas de bancos posteriores e escolher a variante comercial Terrastorm Cargo. Outra opção é configurar o Terrastorm como ambulância equipada com equipamento regulamentado para cuidados intensivos – incluindo desfibrilhadores, macas ou aparelhos de medição da atividade cardíaca.

A manutenção pode ser feita numa oficina VW ou MAN, embora haja uma opção de extensão de garantia de até 5 anos ou 500 mil km. A versão Cargo começa nos 58 mil euros no Reino Unido e as versões de passageiros nos 76 mil euros. As primeiras entregas começam no outono.

Deixe uma resposta

*