Corvair com motor V8 do Corvette C8 é um delírio de verão

Chevrolet Corv8 Corvair View Gallery 10 photos

Abimelec Design criou o Singer dos Chevrolet Corvair. É pena ser apenas virtual!

Comercializado entre 1959 e 1969, o Chevrolet Corvair foi o único modelo de produção em série com motor traseiro arrefecido a ar desenvolvido nos EUA. Apesar do desenho inovador para a época, o carro foi muito criticado pela suspensão traseira de eixo oscilante, uma solução barata, mas que devido à configuração de motor traseiro contribuía para um aumento da tendência de sobreviragem. Imunes a esse reparo os designers mexicanos da Abimelec assinaram um projeto virtual, encomendado pelos preparadores da Overkill Racing & Chassis (localizada no Utah, nos EUA), que merece a atenção dos apreciadores dos melhores “restomod”. Neste caso, o bólide gerado por computador Corv8 mais parece um Corvair com tratamento similar ao que Singer dá aos Porsche 911 arrefecidos a ar.

Nesta reinterpretação do Corvair de segunda geração (de 1965), que não se sabe se algum dia chegara à produção, o motor já vem atrás, mas sim ao centro. E a escolha de propulsor para substituir o bloco de seis cilindros boxer do modelo original recaiu no “músculo” do V8 6.2 LT2 do Corvette C8 (com uma entrada de ar ligada ao vidro lateral traseiro), acompanhado de uma caixa de dupla embraiagem de oito velocidades. Além disso, em vez da suspensão traseira arcaica, a solução foi uma de estilo “push-rod” inspirada na que está no Koenigsegg One:1. Foi contemplado igualmente um novo escape, um novo sistema de travagem com discos de travão sobredimensionados e pneus de perfil mais largo.

Esteticamente, no modelo pintado de azul há um difusor traseiro para gerar mais “downforce”, um spoiler estilo Airbrake e um lábio dianteiro em carbono, mas a diferença maior face ao modelo clássico é o aumento das vias traseiras.

Deixe uma resposta

*