Próximo VW Passat será desenvolvido pela Skoda

VW Passat por Christian Schulte

Geração B9 chega em 2023 com versão elétrica. Nova plataforma permitir-lhe-á crescer em dimensões e em espaço no interior. Design será mais conservador.

A Volkswagen já está a preparar a próxima geração do Passat (na imagem ainda um “render” digital), com lançamento previsto para 2023. A grande novidade, segundo adianta a Auto Motor und Sport, será o facto de a responsabilidade de desenvolvimento da geração B9 do modelo familiar ficar a cargo da Skoda, que acumulará funções com a preparação do próximo Superb. No próximo outono ficará decidido se a dupla de modelos “irmãos” será construída em Kvasny (República Checa) e em Bratislava (Eslováquia). A fábrica de Emden (Alemanha), onde o Passat foi construído durante 36 anos, está a ser reconvertida para produzir o elétrico VW ID.4 e outros modelos a partir de 2022.

Não será apenas a nível técnico que o Passat e o Superb serão próximos, mas também a nível estético. É bem possível que o caraterístico formato “notchback” do modelo da VW seja alinhado com um formato berlina assumido de três volumes do Skoda. Confirma-se que o próximo Passat manterá uma variante carrinha. Ao que tudo indica o desenho final da nova geração do modelo de Wolfsburg já foi aprovado e será mais conservador face ao atual – de forma a diferenciar-se mais do Arteon. Sabe-se também que o novo Passat será feito com base numa plataforma global, uma evolução da MQB, o que lhe permitirá um aumento da distância entre eixos, da altura e da largura – com vista a beneficiar o espaço interior e na bagageira. A gama será composta por versões de tração dianteira e integral 4Motion, estando previstos motores a gasolina, Diesel, mild hybrid de 48V e plug-in. A variante “radical” Alltrack é para manter no catálogo. Posteriormente está prevista uma inédita versão elétrica de base MEB – que será uma evolução do protótipo ID Vizzion de 2018.

Outra novidade é o facto de o Passat para o mercado chinês passar também a ser feito a partir da plataforma MQB.

Deixe uma resposta

*