Próximo Micra será desenvolvido e produzido pela Renault

Nissan Micra e Renault Clio

Prevista para 2023, a geração seguinte do utilitário da Nissan tem continuidade garantida.

Neste momento a nova estratégia da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi está a ser afinada. Em declarações ao Le Monde, o responsável operacional da marca nipónica adiantou que, apesar do esboço inicial do plano de recuperação financeira não mencionar nenhum modelo deste segmento, a sexta geração do Micra está garantida e que esta deverá ser provavelmente ser desenvolvida e construída pela Renault. Ashwani Gupta justifica este facto com a política adotada pela aliança que passa pelo aproveitamento máximo dos pontos fortes da cada uma das partes envolvidas. Nesse sentido, uma vez que a Renault é a referência na aliança na Europa no fabrico de modelos mais citadinos e utilitários (incluindo SUV urbanos), as restantes marcas aproveitarão plataformas, conjuntos motor/caixa e tecnologia para fazer a sua versão. Esse processo permitirá uma poupança significativa de dinheiro de desenvolvimento.

Esta notícia surge numa altura em que se supostamente a Nissan estaria outra vez a equacionar retirar-se da aliança. Aliás, doravante a Nissan terá um papel importante no Velho Continente, assumindo a responsabilidade da produção dos SUV compactos da aliança.

Recorde-se que o Micra atual já é construído numa fábrica da Renault, em Flins (França), sendo feito com base no Clio IV. Mas espera-se que na próxima geração, prevista para 2023, a dupla de “irmãos” da aliança seja ainda mais próxima.

Deixe uma resposta

*