Revivalista Taraschi Berardo é feito com base no BMW i8

Taraschi Berardo View Gallery 9 photos

Híbrido italiano de produção limitada é inspirado nos desportivos da década de 1950.

Sediada em Modena, a empresa 1-Off recuperou o nome histórico de Berardo Taraschi, antigo piloto e fundador da marca italiana com o seu apelido, para criar um modelo exclusivo. O coupé foi ideia do filho de Berardo, Tazio, que juntamente com a Squadra Corse Taraschi, uma equipa que se dedica à manutenção dos modelos de competição criados pela marca. Apesar de não parecer à primeira vista, este Taraschi Berardo é um BMW i8 com um visual mais extravagante por dentro e por fora. Por fora, pouco mais do que as portas de abertura em borboleta e a célula central em fibra de carbono foram mantidas do modelo bávaro. A frente e a traseira são completamente novas, com o seu quê de inspiração nos desportivos da década de 1950, e todos os painéis da carroçaria são feitos em alumínio através de um processo artesanal (processo assinado pelos especialistas da Quality Cars). Atrás, encontra-se um difusor em fibra de carbono e duas ponteiras de escape centrais. A inspiração para o Berardo vem do Taraschi 750 Sport que contava com o motor da moto BMW R75. Uma das principais diferenças é que o Berardo mede 4,98 metros de comprimento (em comparação com os 4,69 m do i8), 2 m de largura, 1,30 m de altura e com uma distância entre eixos de 2,80 m. Os pneus são de medida 245/35 R21 à frente e 285/30 R21 atrás, e as pinças de travão são da Brembo.

Apesar de também ter elementos que podemos associar ao híbrido da BMW, este modelo italiano com configuração de 2+2 lugares destaca-se pela predominância do castanho utilizado nos revestimentos em couro utilizados em todo o habitáculo e pelas aplicações em madeira de mogno em substituição das inserções em metal. O túnel central, que mais parece uma peça de mobiliário, é completamente novo.

O conjunto propulsor híbrido plug-in utilizado no Berardo é o mesmo do i8, que é formado por um motor 1.5 de três cilindros turbo a gasolina a funcionar em conjunto com um motor elétrico, para um total de 420 cv (mais 46 cv face ao i8), graças a alterações na ECU e no sistema de escape. A empresa diz que haverá também versões com 470 e 520 cv. Anuncia 0-100 km/h em 3,9 segundos e uma velocidade máxima de 280 km/h. O preço desta série limitada começa nos 800 mil euros.

Deixe uma resposta

*