Italianos transformam Corvette numa “barchetta” futurista

Ares S1 Project Spyder View Gallery 9 photos

Ares S1 Project Spyder tem um motor V8 de 715 cv que promete 0-100 km/h em 2,7 segundos.

Em setembro, a Ares Design apresentou o S Project, um modelo baseado no Chevrolet Corvette C8. Agora, o carroçador italiano liderado pelo ex-CEO da Lotus, Dany Bahar, revelou a versão “aberta”, de estilo speedster do mesmo carro – inspirada nos protótipos de corridas das décadas de 1970 e 80. Igualmente limitado a 24 unidades, este S1 Project Spyder tem um motor V8 6.2 naturalmente aspirado de colocação central capaz de debitar 715 cv e de atingir até 8800 rpm, com uma ECU reprogramada e um escape modificado, surgindo acoplado a uma caixa de dupla embraiagem de oito velocidades. Estas caraterísticas permitem que o modelo de tração traseira anuncie 0-100 km/h em 2,7 segundos.

A principal diferença deste modelo composto por painéis em fibra de carbono através de um processo artesanal está no facto de prescindir na totalidade de tejadilho e de não ter para-brisas e quase não ter vidros laterais, o que converte numa espécie de “barchetta”. Atrás dos dois ocupantes estão dois defletores, e imediatamente atrás, junto ao motor, duas entradas de ar. Apesar disso, o S1 Spyder promete o “máximo de downforce e o mínimo de resistência aerodinâmica”. De acordo com o carroçador sediado em Modena, o chassis funciona de forma adaptativa e é controlado eletronicamente.

O interior surge revestido em couro Nappa e Alcantara, sendo possível decorar os bancos, tablier, painéis das portas e volante ao gosto do cliente. A maioria dos comandos está na consola central. A Ares prevê que o Spyder, cuja produção está prevista arrancar em 2021, possa custar cerca de 500 mil euros.

Deixe uma resposta

*