Nissan torna Micra mais eficiente

Nissan Micra View Gallery 12 photos

A preço a pagar é a redução de 100 para 92 cv.

A Nissan promoveu algumas alterações importantes na atual geração do seu modelo de acesso (lançado há quatro anos), o Micra. A mais relevante mudança no modelo que estará disponível até ao final do ano é a alteração do único motor disponível na gama atual, o 1.0 IG-T, um três cilindros turbo a gasolina, que em virtude da nova homologação à luz da norma Euro 6d passa a debitar 92 em vez de 100 cv de potência, mantendo os 160 Nm de binário. Continua a ser possível optar por uma caixa manual de cinco velocidades ou por uma CVT X-Tronic.

A grande vantagem do motor retrabalhado é a redução nos consumos e emissões de CO2. Os valores homologados passam assim a oscilar entre 5,4-6,4 l/100 km em vez de 5,6-6,5 l/100 km e as emissões de CO2 entre 123-146 g/km em vez de 128-146 g/km. No entanto, a perda de 8 cv reflete-se também numa perda de performance, aumentando o tempo necessário para cumprir a aceleração de 0 a 100 km/h de 10,9 segundos para 11,8 segundos.

Aproveitando a “troca” de motor, o fabricante nipónico trouxe a jogo os novos níveis de equipamento de cariz mais jovem e desportivo N-Design e N-Sport. No caso do N-Design, realce para possibilidade de personalização exterior com apontamentos em preto brilhante ou cromado e para as novas jantes bicolores Genki de 16 polegadas. Por dentro, inclui bancos em tecido preto com detalhes em cinzento, detalhes a imitar couro no forro das portas, proteções para os joelhos e tablier, a que se junta um pack estético Energy Orange. Já o nível N-Sport contempla detalhes em preto na dianteira, laterais e traseira, jantes pretas Perso de 17 polegadas e faróis full-LED e luzes de nevoeiro em LED de série. No interior, adiciona bancos e tablier em Alcantara e bancos ergonómicos com maior apoio lombar.

Antes de série apenas no nível de topo Tekna, o Safety pack passa a estar disponível de fábrica no Acenta. Este pacote de segurança inclui o sistema de reconhecimento de sinais de trânsito, máximos adaptativos, sistema de prevenção de saída de faixa, limpa para-brisas automático e espelho retrovisor interior electrocromático. O Acenta adiciona igualmente a compatibilidade com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto, assim como o sistema de reconhecimento por voz Siri. O Tekna vem equipado de série com navegação, jantes diamantadas de 17 polegadas, câmara de auxílio ao estacionamento traseiro, faróis em LED, visão 360 graus e o sistema de som Bose com altifalantes integrados nos encostos de cabeça dos bancos dianteiros. O nível de acesso Visia+ inclui de fábrica o sistema de auxílio em subidas, sistema de estabilidade Ride Control e o sistema de auxílio em curva Trace Control.

Deixe uma resposta

*