Singer recupera espírito do Porsche 911 Safari

Porsche 911 Safari by Singer View Gallery 41 photos

Feito com base num 964, o All-Terrain Competition é um monstro biturbo com 450 cv pronto para o Dakar.

Conhecida pela preparação de modelos históricos da Porsche, os norte-americanos da Singer Vehicle Design atenderam agora a um pedido de um cliente para criar uma dupla de modelos All-Terrain Competition Study (ACS) feitos com base nos 911 964 de 1990. Em causa está uma unidade preparada para corridas a alta velocidade no deserto (nas fotos principais, em branco) e outra otimizada para ralis no asfalto (procurar na galeria de fotos o carro em vermelho). Felizmente, o autor da encomenda desta ousada dupla de 911 preparados, pretende mesmo dar-lhe uso e participar em competições. Construído em conjunto com o especialista em 911 de ralis britânico Richard Tuthill, o modelo mais “extremo” desta dupla (cujo preço não foi revelado), está oficialmente apto a correr na Baja 1000, no Dakar e noutros eventos mais “radicais”.

O Singer ACS, que recupera o espírito dos 911 “off-roaders” (como o 953 e o 959 que correram no Dakar), conta com painéis da carroçaria em fibra de carbono com reforços extras e feitos de forma a serem facilmente substituídos. Visualmente, destaque para os guarda-lamas salientes, cavas das rodas sobredimensionadas, jantes em alumínio forjadas de 16 polegadas e pneus BF Goodrich K02. De perfil, sobressaem as soleiras das portas maiores e o logótipo da Porsche em letras garrafais. Na traseira, ao estilo do 959 pontifica um spoiler integrado na carroçaria que ajuda a direcionar o ar diretamente para o motor, além de uma dupla ponteira de escape. O para-choques traseiro é feito de uma peça única em alumínio.

O interior foi desenhado a partir dos modelos de competição, com destaque para o volante multifunções de três raios, para o painel de instrumentos digital, para o arco de segurança em vermelho, para o sistema de navegação orientado para o passageiro, travão de mão hidráulico e para as bacquets de competição.

Debaixo do “deck” traseiro está o motor de seis cilindros boxer de 3,6 litros (feito com base no motor naturalmente aspirado do 964) com um sistema de dupla sobrealimentação desenvolvido especificamente para este carro. Este motor com 450 cv surge dotado de um circuito duplo de arrefecimento ar/água e de um sistema de arrefecimento para cada banco de cilindros. Uma caixa sequencial de cinco velocidades (que pode funcionar também patilhas no volante) é responsável por distribuir a potência pelas quatro rodas (igualmente específico para este modelo) e existem três diferenciais antideslizamento mecânicos. A suspensão de curso mais elevado com dois níveis de ajustamento conta com amortecedores niveláveis em cada roda. A suster o ímpeto deste ACS estão discos de travão em aço de maiores dimensões acompanhados de pinças de quatro êmbolos no eixo dianteiro. Há ainda um depósito maior e espaço para dois conjuntos de pneus/jantes suplentes.

Deixe uma resposta

*