Jeep estreia Wrangler elétrico com caixa manual

Jeep Wrangler Magneto concept View Gallery 13 photos

Magneto concept garante uma performance semelhante à do 4×4 equipado com motor V6 3.5 Pentastar.

Tal como vem sendo habitual há já alguns anos, a Jeep aproveitou a realização da concentração Moab Jeep Safari (no Utah, nos EUA) para mostrar alguns protótipos ousados. A principal novidade é sem dúvida o Wrangler Magneto, uma inédita versão totalmente elétrica do emblemático “off-roader”. Segundo a marca norte-americana, este protótipo equipado com apenas um motor elétrico, que opera até às 6000 rpm, foi concebido de modo a emular a performance da versão a gasolina V6 3.5 Pentastar, que lhe permite ter uma “força extraordinária a escalar estradas empedradas”. Este modelo feito com base no Wrangler Rubicon anuncia os mesmos 280 cv do modelo térmico, mas viu o binário máximo subir para 370 Nm. A Jeep diz que é capaz de 0-100 km/h em 6,8 segundos. O facto mais curioso é que, ao contrário do que é normal em modelos elétricos, este Magneto vem equipado com uma caixa manual de seis velocidades e um pedal de embraiagem que funcionam de forma idêntica a um motor térmico. É possível recuperar energia na desaceleração/travagem regenerativa através de uma caixa de uma velocidade que opera quando a embraiagem é acionada. Apesar desta experiência, a versão de produção do Wrangler Magneto não deverá ter caixa manual.

O motor é alimentado por quatro packs de baterias distribuídos em vários pontos do chassis de modo a distribuir o peso de forma uniforme. Ao todo existem 70 kWh de capacidade à disposição (para uma autonomia até 354 km) e um sistema elétrico de 800V que possibilita efetuar carregamentos rápidos. Os packs de baterias estão protegidos por estruturas à prova de água, que permitem passagens a vau até 76 cm, além das normais estruturas à prova de impacto.

Esteticamente, o Magneto distingue-se pelo esquema de cores branco e azul, tampa da mala redesenhada, assinatura luminosa aprimorada e um capot inspirado em modelos de competição. A reforçar as credenciais para todo o terreno está uma suspensão que eleva em 5 cm, jantes pretas de 17 polegadas com pneus de perfil 35, arco de segurança e um para-choques dianteiro reforçado e equipado com um guincho.

Ao Magneto junta-se ainda o Jeepster Beach (uma versão “restomod” do Jeep Commando de 1968), o Red Bare concept (uma pick-up Gladiator substancialmente atualizada) e o Wrangler Orange Peelz (um Wrangler revivalista).

Deixe uma resposta

*