Mercedes-Benz mostra interior futurista do EQS

Mercedes-Benz EQS View Gallery 19 photos

Modelo elétrico tem um “ecrã” curvo com 1,41 metros da largura.

O EQS será o primeiro modelo elétrico da Mercedes-Benz feito com base numa nova plataforma modular EVA e já tem data de estreia: 15 de abril. Uma das grandes novidades deste modelo de referência da família EQ será o interior futurista e revolucionário onde pontifica o MBUX Hyperscreen, que foi agora mostrado na íntegra. Existem duas opções à disposição deste sistema. A mais completa e opcional tem um painel curvo com 1,41 metros de largura que se prolonga por todo o tablier, onde encaixa três ecrãs separados que dão a sensação de estarem juntos: um painel de instrumentos com 12,3 polegadas, um ecrã central OLED de 17,7” e um ecrã OLED para o passageiro com 12,3”. Existem ao todo 12 atuadores localizados nos ecrãs táteis do painel que funcionam com “feedback” háptico, que emitem uma vibração com o toque dos dedos. Quando não está a ser utilizado, o Hyperscreen projeta luz ambiente e vários fundos. O ecrã de série do EQS é o mesmo do Classe S, com um painel de instrumentos flutuante com 12,3”, ecrã central disposto na vertical com 12,8” incorporado na consola central, sendo que à frente do passageiro da frente existem decorações com acabamentos em madeira ou alumínio. O MBUX Hyperscreen possui um sistema operativo com oito CPU com 24 GB de RAM e permite atualizações “over the air”.

Esta mais recente evolução do sistema MBUX conta um renovado assistente digital que responde à frase “Hey Mercedes”, dotado de funções adicionais, por exemplo, ajuda a integrar o smartphone via Bluetooth, aciona luz ambiente ou animações no ecrã com base do estado de espírito do condutor. Este sistema vem ainda equipado com câmaras para reconhecimento facial que são utilizadas em várias funções de assistência à condução e de conforto, incluindo a autenticação biométrica, o aviso de reconhecimento de fadiga, o ajuste dos espelhos e, de série, um reconhecimento da impressão digital do condutor. Destaque para o programa Power Napp que pode ser utilizado durante uma pausa, ajustando o habitáculo e o habitáculo em concordância. Junta também um filtro HEPA para limpeza do ar (acompanhado de uma fragrância específica) e um sistema de som surround Burmester de 710 watt e com 15 altifalantes. Existem quatro ambientes sonoros: Silent, Silver Waves, Vivid Flux e Roaring Pulse (sendo que este último replica o som de um motor a combustão).

Em alternativa aos bancos “conforto” de série é possível configurar o EQS com bancos desportivos com encostos de cabeça integrados da linha AMG Line. A berlina surge de série com uma configuração de três lugares.

Aproveitando este teaser, a Mercedes-Benz vai dizendo que o EQS será o seu carro de produção aerodinamicamente mais eficiente de sempre com um coeficiente de 0,20, possível de alcançar com jantes de 19 polegadas AMG e com o modo Sport acionado.

A versão com mais autonomia terá um pack de baterias de 108 kWh de capacidade que garante um alcance superior a 700 km (WLTP). O EQS estará à venda a partir de agosto.

Deixe uma resposta

*