Baltasar é um desportivo elétrico espanhol apto para estrada

Baltasar Revolt View Gallery 17 photos

500 cv e 1000 Nm para 770 kg de peso é uma receita prometedora para o Revolt, que tem lançamento agendado para 2022.

Há uma nova marca e um novo carro desportivo elétrico fabricado por “nuestros hermanos”. A marca Baltasar (nome retirado do fundador Baltasar López, um engenheiro e empreendedor), oriunda de Barcelona, que acaba de apresentar o Revolt. Com lançamento previsto para a segunda metade de 2022, o novo modelo “aberto” de dois lugares de design radical pretende ser uma arma para os “track days” com a aliciante de poder circular em estrada. Com 3,95 metros de comprimento, 1,85 m de largura e escassos 88 cm de altura (1,11 m de considerarmos a “roll-bar”), o Revolt é extremamente compacto. O desportivo integra uma célula de segurança com as especificações da FIA. A juntar a isso, o modelo com chassis tubular em aço tem uma carroçaria feita partir de fibra de carbono laminada, o que lhe permite pesar apenas 770 kg.

O primeiro carro da Baltasar tem 500 cv e 1000 Nm com origem em dois motores elétricos independentes de colocação central, responsáveis pelo movimento das rodas traseiras. Estas caraterísticas permitem-lhe anunciar 0-100 km/h em 2,5 segundos. A velocidade máxima não foi anunciada. Tal como sucede com os motores, o pack de baterias de 250 kg (fornecida pela Millor, outra empresa de Baltasar) estão colocados atrás do banco do condutor. Sem confirmar a capacidade da bateria, o fabricante adianta que permite um alcance superior a 600 km (WLTP). Quem levar o carro para um circuito poderá conduzir cerca de 40 minutos até esgotar a bateria, diz a Baltasar. Contudo, com um carregamento rápido (apoiado por um sistema elétrico de 700V) é possível obter o equivalente a 100 km de autonomia em cerca de cinco minutos.

As duas bacquets colocadas numa posição muito baixa são feitas em carbono e surgem com cintos de segurança de seis apoios. Não é fornecida nenhuma cobertura. A suspensão é ajustável com torres horizontais e com sistema push-rod em Kevlar. Em termos aerodinâmicos, destaque para um spoiler dianteiro, zona inferior da carroçaria totalmente fechada e difusor traseiro. O volante é em carbono e amovível. Os preços começam nos 230 mil euros (antes de impostos).

Deixe uma resposta

*