Próximo Volvo XC60 será 100% elétrico

Render no próximo Volvo XC60

Baterias do SUV serão produzidas na nova fábrica da Northvolt a inaugurar em 2026.

A Volvo assinou um acordo com a Northvolt para a construção de uma “gigafábrica” de baterias que será inaugurada em 2026. Esta joint-venture entre o construtor de Gotemburgo e a start-up deverá dividir-se na proporção 50/50. As duas empresas pretendem arrancar com um centro de pesquisa e desenvolvimento em 2022.

As novas baterias serão utilizadas numa nova geração de modelos 100% elétricos das marcas Volvo e Polestar. O modelo que estreará estas baterias será o XC60 (na imagem um “render” de Squir3D), que passará a ser totalmente elétrico.

O construtor sueco prevê construir em 15 GWh de baterias/ano na atual fábrica da Northvolt em Skellefteå a partir de 2024, altura em que o XC60 EV deverá chegar ao mercado. Por sua vez, a nova fábrica, cuja localização ainda não foi revelada, tem um objetivo anual de 50 GWh. Esta nova unidade será alimentada apenas por energias renováveis e empregará 3 mil pessoas. Desta forma, a Northvolt tornar-se-á no único fornecedor de baterias em modelos da Volvo produzidos na Europa.

Recorde-se que a Volvo prevê que metade das suas vendas globais correspondam a modelos 100% elétricos em meados desta década. Além disso, o construtor sueco estima que 2030 terá uma gama composta apenas por modelos “zero emissões”. Já a “irmã” Polestar ambiciona construir um modelo “carbono zero” até ao final da presente década.

A Volvo revelará mais detalhes acerca dos seus planos de eletrificação e produção de baterias a 30 de junho no evento “Volvo Cars Tech Moment”.

Recorde-se que o grupo VW é o maior acionista da Northvolt e que este construtor de baterias já possui contratos de fornecimento com empresas como a BMW e a Scania.

Deixe uma resposta

*