VW vai deixar de vender carros a combustão na Europa até 2035

VW ID.3

Marca de Wolfsburg estima que em 2030 os modelos elétricos representarão 70% das suas vendas.

A Volkswagen vai deixar de vender carros a gasolina e Diesel na Europa entre 2033 e 2035, o mais tardar. Isto significa que, a partir dessa altura, a marca de Wolfsburg tornar-se-á num fabricante exclusivamente dedicado a carros elétricos no Velho Continente. Quem o diz é Klaus Zellmer, o administrador responsável pelas vendas, marketing e após-venda da marca alemã, em declarações ao jornal Münchner Merkur. De acordo com as contas da VW, em 2030 o seu “mix” de vendas contará com cerca 70% de modelos elétricos.

Apesar destes planos para prescindir de modelos a combustão na Europa, os motores térmicos permanecerão disponíveis em mercados importantes tais como os EUA e a China por mais alguns anos após a referida data e mais algum tempo ainda em mercados como os da América do Sul ou África.

Além da VW, também a Audi já estabeleceu um ano para deixar de vender carros a combustão: 2033. Até 2050, todo o grupo VW quer atingir a neutralidade carbónica, segundo Zellmer.

Deixe uma resposta

*