Opel vai tornar-se 100% elétrica em 2028

Opel Manta-e

A nova gama vai incorporar o novo Manta-e, um crossover de formato coupé.

Um dos anúncios mais importantes do “EV Day” da Stellantis, que decorreu hoje, é o da viragem completa rumo à eletrificação por parte da Opel. O CEO da marca de Rüsselsheim, Michael Lohscheller confirmou que a Opel vai dedicar-se na Europa apenas a modelos 100% elétricos a partir de 2028. Sem desvendar muito mais detalhes acerca do plano, o homem-forte da marca alemã confirmou que o Manta vai mesmo regressar em 2025. Sim, vai ser elétrico – tal como o concept GSe Elektromod deste ano fazia antever – contudo, este não será um coupé de duas portas de inspiração retro, mas sim um crossover com formato coupé. E a primeira imagem gerada por computador agora revelada mostra um modelo de quatro portas que poderá ter portas traseiras de abertura invertida. Este Manta-e deverá recorrer a uma das novas plataformas da Stellantis, que poderá permitir conceber um modelo de tração traseira. Este “sketch” deixa antever que poderá haver um concept a ser mostrado em breve.

A Opel quer disponibilizar pelo menos uma versão “eletrificada” em todas as gamas (de passageiros e comerciais) até 2024. Entre o leque de novidades foi ainda anunciado que a marca alemã vai ser lançada na China apenas com modelos elétricos em data ainda a anunciar.

Atualmente, a Opel vende versões elétricas do Corsa, Mokka, Vivaro e Combo. A isso junta versões híbridas plug-in do Grandland. Nos primeiros quatro meses deste ano, as versões “eletrificadas” representaram 9% das vendas na Europa, segundo o analista alemão Matthias Schmidt.

Deixe uma resposta

*