Pininfarina diz que o carro autónomo do futuro será assim

Pininfarina Teorema concept

O Teorema concept foi totalmente desenho com recurso a realidade virtual.

Conhecida por desenhar alguns modelos icónicos como o Ferrari 250 GT SWB, Peugeot 504, Alfa Romeo Brera ou o Battista, a Pininfarina apresentou um protótipo futurista concebido na íntegra através de realidade virtual e realidade aumentada, o Teorema. A nova aposta da casa de design italiana é um modelo elétrico com 5400 mm de comprimento, com apenas 1400 mm de altura. As entradas de ar laterais contribuem para canalizar o ar da dianteira para a traseira, melhorando a circulação do ar e, por inerência, a autonomia. O Teorema carateriza-se pela disposição pouco usual dos bancos: 1+2+2 – com o condutor ao centro – mas sem direito a volante… Isto porque este protótipo está preparado para condução autónoma de nível 4. Isto permitiu puxar o banco o mais para a frente possível. Além do modo autónomo, a Pininfarina acrescentou o modo Drive e o modo Rest que visa converter o interior num espaço de convívio na qual as pessoas se podem movimentar, sendo possível rodar os bancos a 180 graus. O interior é compatível com ligação 5G e os ocupantes podem usufruir de realidade aumentada providenciada pela WayRay, com informações (acerca do tempo ou de pontos de interesse) projetadas no para-brisas e nas janelas laterais. O vidro traseiro tem um sistema de transparência ajustável e com várias cores criado pela Continental.

As caraterísticas técnicas deste “show car” ainda não foram reveladas, mas sabe-se que o Teorema é feito com base num chassis modular desenvolvido pela Benteler, exclusivamente dedicado a modelos elétricos. Os bancos rebatíveis são assinados pela Poltrona Frau e a Continental está envolvida no processo de pesquisa e desenvolvimento do carro. O acesso ao interior é feito pela parte traseira.

A Pininfarina prevê mostrar ao vivo este concept a um conjunto selecionado de pessoas nas próximas semanas.

Deixe uma resposta

*