Holandeses tornam Mini GP3 ainda mais potente

Mini GP3 by Minispeed

Minispeed recorreu a uma decoração exterior inspirada no Ford Escort RS Cosworth da década de 1990.

A terceira geração do Mini Cooper John Cooper Works GP estreou em 2020 como o pináculo da geração F56. Agora os holandeses da Beek Auto Racing, através da sua marca Minispeed, propuseram-se a desafiar os limites desta edição especial limitada a 3 mil unidades. Em primeiro lugar, modificou a suspensão de fábrica, com a ajuda de um “kit” de tipo “coilover” oriundo dos especialistas da AST Suspension. A Minispeed oferece a opção de uma calibração mais suave e apta para rolar em estrada ou uma específica para pista.

Além disso, o motor 2.0 de quatro cilindros turbo B48 passou dos 306 cv e 450 Nm de fábrica para os 330 cv e 500 Nm debitados no eixo dianteiro. Caso o cliente deseje é possível “esticar” esse valor acima dos 350 cv e 530 Nm. Juntou também pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 de medida 235/40 R18 e um escape Milltek. Por dentro, realce para o volante com detalhes em carbono e forrado em Alcantara e couro, a que se alia um ecrã do passageiro ao estilo da Ferrari, capaz de projetar informações acerca da temperatura do motor, velocidade, etc.

Em termos visuais, O GP beneficiou de uma combinação de cores em Blue Gem e Gloss White, com arcos das rodas em preto mate, inspirada no Ford Escort RS Cosworth da década de 1990.

Deixe uma resposta

*